Flamengo Resenha



Últimas Notícias:

PORTAL MÍDIA ESPORTE: No último domingo (19), a Globo transmitiu a partida entre Flamengo x Corinthians, válida pela 36ª rodada do Campeonato Brasileiro. E por conta da 'ressaca' corintiana pelo título conquistado na rodada passada, a audiência ficou aquém do normal.

Foto: Bruna Prado/Getty Images
Segundo dados obtidos pelo Portal Mídia Esporte, o jogo registrou 24 pontos de média e 41% de share em São Paulo. A partida ficou apenas um ponto acima da média do futebol vespertino de domingo e dentro da média dos jogos do Brasileirão exibidos aos domingos.

No Rio de Janeiro, o confronto entre paulistas e cariocas marcou 25 pontos de audiência, com 49% de participação. O jogo ficou um ponto acima da média do futebol de domingo à tarde, dois pontos acima da média dos jogos do Brasileirão aos domingos e um ponto acima da média geral do campeonato.

Em relação ao jogo do primeiro turno entre Corinthians x Flamengo - quando a Globo marcou 30 pontos de média tanto em São Paulo quanto no Rio de Janeiro - o duelo do último domingo teve uma queda de 6 pontos na capital paulista e de 5 pontos na cidade maravilhosa.


ESPORTE INTERATIVO: "Rever vem trabalhando bem, creio que não é nenhum problema. É um tema para decisão, vou escalar os dois ou um dos dois. É uma situação que vamos decidir nas próximas horas, de acordo com como eles se sentem. Tem que se considerar também que Rhodolfo e Rafael Vaz vêm com bom ritmo. Mas é importante a experiência de Réver, sua hierarquia, também Juan, e a segurança em nossa zona defensiva".

Essas foram as palavras do técnico Reinaldo Rueda ao ser questionado sobre a presença de Réver, na partida desta quinta-feira (23), contra o Junior Barranquilla, da Colômbia, válido pelo jogo de ida da semifinal da Sul-Americana. O zagueiro está recuperado de uma lesão no joelho e vai, ao menos, ser relacionado pelo comandante.

Foto: Screenshot / 
Réver se machucou no dia 25 de outubro, na vitória do Flamengo sobre o Fluminense, nas quartas de final da Sul-Americana. De lá pra cá, o zagueiro se ausentou em sete jogos, e a equipe de Reinaldo Rueda sofreu nove gols. Relembre ao lado as partidas que o capitão ficou sem atuar.

Substitutos não agradam:

Na ausência de Réver, duas duplas de zaga se revezavam, pois Juan, em algumas partidas, precisou ser poupado: Rhodolfo e Juan ou Rhodolfo e Vaz. Mas, principalmente Rafael Vaz, foi muito criticado pela torcida. Na derrota para o Palmeiras, no dia 12 de novembro, o zagueiro foi acusado de ser o principal culpado pelo revés após falha individual.

Torcida comemora retorno de Réver:

Antes da lesão​, Réver vivia boa fase. Além de fazer o seu papel na parte defensiva, ele ajudava o ataque com gols, como aconteceu contra o Bahia, no dia 19 de outubro, quando balançou a rede em duas oportunidades. Por esses motivos, a torcida do Flamengo comemorou o retorno do capitão ao time.

Foto: Reprodução
EXTRA GLOBO: Adriano Imperador não resistiu ao ver a foto postada pela morena Letícia Beppler no Instagram. O jogador comentou a postagem, como se quisesse puxar assunto, e abusou da sinceridade. “Oi, tudo bem. Estou muito bêbado. Rs”, escreveu ele. Letícia tem 28 anos, foi Musa da Torcida do Corinthians e atualmente apresenta um programa de futebol numa TV local de Santo André, São Paulo.

Mas Adriano e Letícia são velhos conhecidos. Em 2015, a morena foi apontada como affair do craque ao aparecerem juntos numa selfie e depois num jantar. O comentário na postagem da apresentadora fez sucesso entre os seguidores dela. “Didico é ídolo”, escreveu um seguidor. “É tão mito que não precisa largar o ‘oi, sumida’”, disse outro.

Adriano Imperador voltou a ser assunto no noticiário esportivo nos últimos dias ao manifestar seu desejo de voltar a jogar pelo Flamengo, time pelo qual foi campeão brasileiro em 2009.

ESPORTE INTERATIVO: Flamengo e Junior Barranquila-COL fazem o primeiro jogo da semifinal da Copa Sul-Americana, nesta quinta-feira (23), no Maracanã, às 21h45 (de Brasília). ​A equipe colombiana é a líder do campeonato nacional e está cada vez mais conhecida no cenário mundial. No atual elenco, o grande destaque tem nome e sobrenome: o meia Yimmi Chará.

Chará, como é chamado, tem 26 anos e chegou ao Junior Barranquila em junho deste ano. Antes jogador do Monterrey, do México, o meia de apenas 1,62m foi contratado a "peso de ouro" e recebeu elogios do ex-jogador Aristizabal, seu compatriota.

Foto: Divulgação
“Se fosse argentino ou brasileiro, valeria 30 ou 40 milhões de dólares”, disse o ex-atacante, que completou: “Esse jogador que está indo para o Barcelona, do Liverpool, o Coutinho… Por favor, Chará é melhor jogador que esse jovem. Não estou exagerando, para mim Chará é melhor jogador, muito melhor”, disse o colombiano à Fox Sports.

Mostrou para o que veio?

Embora seja meio campo, Chará tem bons números com a camisa do Junior Barranquilla. Em 24 jogos pelo time colombiano, ele marcou 13 gols, dois foram marcados na Copa Sul-Americana.​

Interesse do Flamengo?

Em setembro deste ano, o jornal colombiano El Deportivo​ noticiou que o Flamengo estaria monitorando Yimmi Chará. Ainda de acordo com a publicação, o Palmeiras também queria o meia e poderia usar Borja como moeda de troca.

Tímido nas redes sociais:

Diferente de muitos jogadores de futebol, o colombiano não costuma fazer muitas publicações em seu Instagram, por exemplo. A última foto postada por Chará foi no dia 10 de novembro, com a taça da Copa Águila, conquistada pelo Junior Barranquilla nesta temporada.

Passagem pela seleção colombiana:

As boas atuações de Chará com a camisa do Junior Barranquilla lhe renderam convocações à seleção colombiana. O meia participou de quatro jogos nas Eliminatórias da Copa do Mundo de 2018, inclusive contra o Brasil, que terminou empatado em 1 a 1. Dessas, ele foi titular em apenas um jogo e não balançou a rede dos adversários.​

Valor de mercado:

Cada vez mais conhecido no cenário internacional, ​o baixinho Yimmi Chará está valendo 2,5 milhões de euros, segundo o site Transfermarkt. O montante foi alterado em junho deste ano, quando se transferiu do Monterrey para o Junior Barranquila.

Marcação cerrada (dos jornalistas):

Na última terça-feira (21), no primeiro treino do Junior Barranquila em solo brasileiro, Chará concedeu entrevista coletiva e foi "cercado" pela imprensa presente nas Laranjeiras, sede do Fluminense.

GLOBO ESPORTE: O preço praticado pela diretoria rubro-negra para Flamengo x Junior Barranquilla (confira abaixo), primeiro jogo da semifinal entre os clubes pela Copa Sul-Americana, é usado nas redes sociais como justificativa para a tímida procura por ingressos dos flamenguistas - até 12h desta quarta-feira, apenas 28.800 ingressos foram vendidos.

Os fracassos da atual temporada também são citados, e jogadores, técnico e redes sociais do clube estão convocando a torcida insistentemente.

Mas o histórico do Flamengo dos anos 90 para cá mostra que a maior torcida do Brasil não tem o costume de encher estádios quando seu time chega em semifinais de competições internacionais.

Preços de Flamengo x Junior Barranquilla
Setor Norte: R$120 (meia R$60/R$40 para sócios-torcedores*)
Setor Sul: R$150 (meia R$ 75/R$50 para sócios-torcedores*)
Leste Superior: R$ 180 (meia R$90/R$60 para sócios-torcedores*)
Leste Inferior: R$210 (meia R$ 105/R$ 70 para sócios-torcedores*)
Maracanã Mais: R$ 405 (meia R$ 225/R$ 135 para sócios-torcedores*)
*integrantes do plano Raça ou superiores

Confira públicos das últimas semifinais internacionais do Flamengo no Rio:

Foto: Reprodução/Acervo O Globo
Semifinal da Supercopa de 1993
Com o Maracanã alugado para um show da cantora Madonna, o Flamengo mandou a primeira partida da semifinal, contra o Nacional-URU, no Pacaembu. O público foi discretíssimo: 4.234 pagantes.

Renato Gaúcho e Casagrande marcaram na vitória por 2 a 1. Na volta, o Fla fez 3 a 0 em Montevidéu e avançou à final, mas acabou vice-campeão após ser derrotado pelo São Paulo nos pênaltis.

Semifinal da Supercopa de 1995
No ano de seu centenário, o Flamengo, que já havia sido vice no Carioca, caído na semifinal da Copa do Brasil e feito péssima campanha no Brasileiro, tinha na Supercopa sua última chance de título.

Embora tenha batido o Cruzeiro no Mineirão em seu aniversário (15 de novembro), oito dias depois a torcida não chegou junto no Maraca. Apenas 24.728 pagaram ingresso para ver a vitória por 3 a 1. Aloísio Chulapa, Márcio Costa e Rodrigo Mendes marcaram. O Fla avançou, mas perdeu a decisão para o Independiente. Derrota por 2 a 0 em Buenos Aires e vitória por 1 a 0 no Rio.

Semifinal da Mercosul 1999
Na primeira partida da semifinal contra os uruguaios do Peñarol, mais uma vez os rubro-negros não compareceram - apenas 6.709 pagaram ingressos.

O Fla vinha de forte crise após a eliminação no Brasileiro, cuja principal consequência foi a saída de Romário, que acabou transferindo-se para o Vasco. Leandro Machado, Maurinho e Lê marcaram, o Rubro-Negro venceu por 3 a 0 e avançou à final, onde bateu o Palmeiras e levou o caneco.

Semifinal da Mercosul 2001
Mais uma vez o Flamengo abriu a semifinal em casa e novamente o público foi decepcionante. O clube acabara de dar passo importante para se livrar de árdua luta contra o rebaixamento e, em 23 de novembro, recebeu o Grêmio no Maraca. Apenas 37.528 pagantes no empate por 2 a 2.

No jogo de volta, nova igualdade (0 a 0), e o Fla avançou nos pênaltis. Penalidades também decidiram a final daquela competição, mas o San Lorenzo derrotou o time carioca.

UOL: Em uma temporada que passa longe do que o torcedor do Flamengo esperava, o técnico Reinaldo Rueda ressaltou nesta quarta-feira (22) a possibilidade de o clube conquistar o título da Copa Sul-Americana e garantir uma vaga direta na fase de grupos da Copa Libertadores de 2018. Em entrevista coletiva, o comandante falou sobre a importância do primeiro jogo da semifinal contra o Junior Barranquilla-COL, quinta-feira (23), às 21h45 (de Brasília), no Maracanã.

"É vital pelas aspirações que se tem e pela meta que significa um torneio internacional. Tivemos insucesso na Libertadores e a irregularidade no Brasileiro. Está vivo esse sonho e serão jogos difíceis. Um bom resultado mudaria todo o ambiente e a confiança para terminar bem também no Brasileirão", afirmou.

Foto: Divulgação
"Tivemos uma vitória que refrescou a situação [3 a 0 sobre o Corinthians]. Mas como disse para o grupo, segue a tensão, segue a situação difícil por tudo o que representa o Campeonato Brasileiro e a nossa meta na Sul-Americana. Foi positivo o comportamento do time. Isso é importante para alcançar um resultado bom diante de um grande rival", completou.

O Flamengo deve entrar em campo com a seguinte escalação: Diego Alves; Pará, Réver (Rhodolfo), Juan e Trauco; Cuéllar, Willian Arão e Diego; Everton Ribeiro, Lucas Paquetá (Mancuello) e Felipe Vizeu.

LANCE: Diego (Flamengo) e Téo Gutiérrez (Junior Barranquilla) são os destaques do confronto entre brasileiros e colombianos. Veja outros duelos do Fla contra equipes 'cafeteras'

Flamengo x Once Caldas 2002
Último confronto do Flamengo contra uma equipe colombiana foi pela Libertadores de 2002. Uma derrota por 1 a 0 e uma vitória de 4 a 1 sobre o Once Caldas.

Flamengo x Atlético Nacional 1993
Na Libertadores de 1993 foram dois jogos contra o Atlético Nacional e duas vitórias. Destaque para a falha do lendário goleiro Higuita, no confronto no Maracanã.

Foto: Reprodução
Flamengo x América de Cali 1993
O América de Cali surpreendeu o Flamengo na Libertadores de 1993 e venceu os dois confrontos: 2 a 1 na Colômbia e 3 a 1 em pleno Maracanã, com direito a gol de Freddy Rincón.

Flamengo x América de Cali 1984
Assim como em 1993, em 1984 o Fla encarou dois colombianos na fase de grupos da Libertadores. Um empate e uma vitória sobre o América de Cali.

Flamengo x Junior Barranquilla 1984
O outro adversário em 1984 foi o Junior Barranquilla, adversário na Sul-americana deste ano. Duas vitórias do rubro-negro sobre a equipe do Caribe colombiano.

Flamengo x Deportivo Cali 1981
O Deportivo Cali foi o adversário do Flamengo na Libertadores de 1981. O rubro-negro ganhou na Colômbia por 1 a 0 e aplicou 3 a 0 no Maracanã.


FOX SPORTS: Especulado no passado no futebol brasileiro, mais especificamente por Atlético-MG e Flamengo, o meia colombiano Fernando Quintero publicou na noite nesta terça-feira (21 de novembro) uma mensagem de despedida nas redes sociais do Independiente de Medellín-COL, clube onde até então estava emprestado.

Ainda com contrato vigente com o Porto, de Portugal, o jogador entrou em campo pela última vez com o clube colombiano no último sábado (18), no empate sem gols contra o Atlético Nacional, pela última rodada do campeonato nacional. Com o fim da competição, também chegou ao fim o seu contrato.

Foto: Divulgação
“Irei agradecer infinitamente ao Independiente de Medellín por tudo aquilo que me proporcionou! Um obrigado absoluto por me abrir as portas, ter me permitido crescer como pessoa e jogador profissional! Dei o meu máximo à torcida que alimenta e enche de orgulho todo um povo! Muito obrigado por ter deixado sentir o que significa viver na equipe do povo”, começou escrevendo o jogador, em publicação no Instagram.

Como a imprensa portuguesa chegou a noticiar no mês passado, Quintero deverá retornar ao Porto para o restante da temporada, mas ainda assim existe a chance de ele ser negociado na próxima janela de transferências europeia, que abre em janeiro. Durante sua passagem pelo Medellín, o jogador entrou em campo em 33 partidas e anotou 16 gols.

EXTRA GLOBO: O técnico Reinaldo Rueda fez mais observações no Flamengo e colocou em campo nesta quarta-feira os titulares por pouco tempo de olho no jogo contra o Junior Barranquilla. A escalação desta quinta-feira no Maracanã não está confirmada, mas o treinador usou novamente Mancuello na ponta esquerda, no lugar de Everton, que não joga mas chegou a treinar durante a atividade tática.

A ideia da comissão técnica é que, mesmo sem tempo para colocar o jogador em campo nesta quinta-feira, ele esteja apto para o jogo da volta na Colômbia, e por isso já fez um primeiro treino com bola com o elenco. A vaga em aberto para o primeiro jogo tem Mancuello como favorito, mas outras opções foram observadas.

Foto Gilvan de Souza 
Lucas Paquetá, que vem atuando nas últimas partidas, treinou tanto na ponta esquerda como no lugar de Vizeu, na posição de centroavante que chegou a fazer algumas vezes. Rueda chegou a sinalizar que para a ponta esquerda pensava em Mancuello, que enfrentou o Corinthians, e Vinicius Junior, que joga na posição. Não citou Paquetá.

Na defesa, Réver volta a ser relacionado e deve formar dupla com Juan. O treino desta quinta-feira teve pouca exigência para preservar os jogadores. Pressionado, o grupo chegou a fazer um rachão para descontrair.

COLUNA DO FLAMENGO: Nesta terça-feira (21), foi divulgado que o Fla ganhou dois “reforços” da base para a Sul-Americana. Os jogadores Lincoln e Klebinho foram inscritos nos lugares de Ederson e Berrío.

A expectativa era grande já para o jogo desta quinta-feira (23), no Maracanã, contra o Junior Barranquila pela partida de ida da semifinal do torneio.

Foto: Screenshot / Twitter
Porém, de acordo com o jornalista do Esporte Interativo e setorista do Flamengo, Thayuan Leiras, os jogadores acabaram de ir embora do Ninho do Urubu, no começo de tarde desta quarta-feira (22). Além deles, Conca, Matheus Sávio e Léo Duarte também não irão concentrar com o elenco e não ficarão nem no banco para o jogo de amanhã.

EXTRA GLOBO: Com a ausência do atacante Everton do ataque do Flamengo para o jogo contra o Junior Barranquilla, pela Copa Sul-Americana, o técnico Reinaldo Rueda trabalha com pelo menos duas opções para preencher a lacuna.

O argentino Mancuello, que foi titular contra o Corinthians, é uma alternativa, mas o jovem Lucas Paquetá, que vinha tendo sequência, pode retornar à equipe após suspensão no Brasileiro. Geuvânio corre por fora. Vinicius Junior deve iniciar no banco.

Foto: Gilvan de Souza
- No jogo anterior esteve Mancuello que teve bom comportamento, Vinicius também volta da suspensão que teve. São homens desta posição e podem jogar sem problemas e exercer a função - disse Rueda em coletiva de imprensa.

O retorno do zagueiro Réver é certo e foi confirmado nesta quarta-feira em treino fechado no Ninho do Urubu, mas Rueda não garantiu escalação de início.

- Se vou escalar é uma situação que vou decidir nas próximas horas. Tem que considerar também que Rhodolfo e Rafael Vaz vem com ritmo melhor".

O Flamengo deve ter: Diego Alves, Pará, Réver, Juan, Trauco; Cuéllar, Arão, Diego; Everton Ribeiro, Vizeu, Lucas Paquetá (Mancuello).

A relação dos jogadores que Rueda levará para o banco deve ter: Alex Muralha, Rhodolfo, Rodinei, Marcio Araújo, Mancuello, Vinicius Júnior e Geuvânio.

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget