Em apenas um ano, Primeira Liga já pode ser encerrada.

A falta de espaço no calendário e a falta de concordância interna a respeito da divisão das cotas de TV entre os participantes.

Primeira Liga - Foto: Luiz Henrique
DE PRIMA: O presidente do Cruzeiro, Gilvan Tavares, que também preside a Primeira Liga, fez uma confissão durante o arbitral do Campeonato Mineiro, nesta sexta-feira. Segundo o dirigente, conforme apurou a De Prima, do jeito que estão as coisas, não haverá Primeira Liga em 2017.

Gilvan enumerou dois pontos para justificar a previsão negativa: a falta de espaço no calendário e a falta de concordância interna a respeito da divisão das cotas de TV entre os participantes.

O presidente do Cruzeiro abordou o tema após o assunto surgir durante a reunião dos dirigentes sobre as diretrizes para o Estadual de 2017. Haverá uma reunião na semana que vem em Belo Horizonte na qual os rumos da Primeira Liga serão debatidos.

Os membros estavam aguardando o desfecho do Brasileirão para começar a definir o calendário. Mas o prognóstico, principalmente para o Atlético-MG, é mais complicado, por causa da chance de disputa da fase preliminar da Libertadores. Tanto Galo quanto Flamengo também irão aos Estados Unidos por causa da Florida Cup.

Marcadores:

Postar um comentário

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget