Flamengo tem dois jogadores entre os melhores da América.

O trabalho de Tite também foi reconhecido. O brasileiro concorre entre os técnicos pelo seu trabalho à frente de Corinthians e Seleção.

Alan Patrick e Paolo Guerrero representam o Flamengo - Fotos: Buda Mendes/Getty Images
GLOBO ESPORTE: Destaque da reta final da temporada no comando de ataque da Seleção nas eliminatórias da Copa do Mundo de 2018 e muito perto de liderar o Palmeiras à conquista nacional, o atacante Gabriel Jesus apareceu na lista de 55 candidatos ao tradicional prêmio Rei das Américas, promovido pelo jornal uruguaio "El País" desde 1986 para o melhor jogador do ano de norte a sul do continente. Outros sete brasileiros postulam a honraria dada em 2015 para o volante Carlos Sánchez, ex-River Plate, atualmente no Monterrey, do México: o goleiro Alisson, ex-Internacional, atualmente no Roma, o lateral Fagner, do Corinthians, Gabigol, ex-Santos, agora no Internazionale, Fred e Robinho, do Atlético-MG, Lucas Lima, do Peixe, e Alan Patrick, do Flamengo.

O trabalho de Tite também foi reconhecido. O brasileiro concorre entre os técnicos pelo seu trabalho à frente de Corinthians e Seleção. Seus concorrentes são o colombiano Reinaldo Rueda, campeão da Taça Libertadores pelo Atlético Nacional, os uruguaios Óscar Tabárez, da Celeste, e Pablo Repetto, ex-Independiente del Valle e agora no Baniyas, dos Emirados Árabes, e o argentino Pizzi, do Chile.

NOVE GRINGOS DE TIMES BRASILEIROS NA LISTA

Além desses jogadores brasileiros e de Tite, outros nove concorrentes atuam em clubes do país. São eles: os zagueiros Mina, colombiano do Palmeiras, e Erazo, equatoriano do Atlético-MG; o lateral chileno Mena, do São Paulo, o volante venezuelano Seijas, do Inter, o meia uruguaio Arrascaeta, do Cruzeiro, e os atacantes Ángel Romero, paraguaio do Corinthians, Ábila e Prato, argentinos da Raposa e do Galo, respectivamente, e Guerrero, peruano do Flamengo.

Dos candidatos, há um jogador que passou por clube brasileiro, mas não atua mais em território nacional. É o atacante argentino Centurión, ex-São Paulo, atualmente no Boca Juniors, time que tem cinco na lista, entre eles, Tevez. Só um dos 55 disputa a MLS (Major League Soccer), nos Estados Unidos: o meia uruguaio Lodeiro, do Seattle Sounders, com passagem pelo clube da Bombonera no primeiro semestre, ex-Botafogo e Corinthians.

São cinco candidatos por posição. Neste ano, além dos votos de 400 jornalistas, o público vai poder escolher seus preferidos (clique aqui para participar no site do El País). Os que receberem mais indicações formam a seleção ideal das Américas, e o campeão desses ganha o prêmio de Rei.

Até 2014, jogadores nascidos ou que atuavam no Brasil tinham sido eleitos quatro vezes seguidas: o argentino D'Alessandro (Internacional, 2010), Neymar (Santos, 2011 e 2012) e Ronaldinho Gaúcho (Atlético-MG, 2013). O atacante colombiano Teo Gutiérrez, ex-River Plate, encerrou a sequência antes de Sánchez levar no ano passado.

Confira a lista de candidatos por posição:

Goleiros:
Armani (Atlético Nacional), Barovero (River Plate e Necaxa), Burián (Wanderers), Alisson (Inter e Roma) e Azcona (Independiente del Valle);

Laterais-direitos
Fucile (Nacional), Moreira (Libertad e River Plate), Mercado (River Plate e Sevilla), Bocanegra (Atlético Nacional) e Fagner (Corinthians);

Zagueiro pela direita
Gustavo Gómez (Lanús e Milan), Alcoba (Pumas), Mina (Independiente Santa Fe e Palmeiras), Maidana (River Plate) e Vergini (Sunderland e Boca Juniors);

Zagueiro pela esquerda
Polenta (Nacional), Arturo Mina (Independiente del Valle e River Plate), Erazo (Atlético-MG), Pablo Aguilar (América) e Alexis Henríquez (Atlético Nacional);

Lateral-esquerdo
Álvaro Pereira (Estudiantes, Getafe e Cerro Porteño), Mas (San Lorenzo), Maximiliario Olivera (Peñarol e Fiorentina), Fabra (Boca Juniors) e Mena (São Paulo);

Volante
Pérez (Atlético Nacional e Boca Juniors), Mejía (Atlético Nacional), Riveros (Olimpia), Abel Aguilar (Deportivo Cali) e Ponzio (River Plate)

Meia-direita
Carlos Sánchez (Monterrey), Gabigol (Santos e Internazionale), Soteldo (Zamora), Marcos Riveros (Cerro Porteño) e Alan Patrick (Flamengo);

Meia-esquerda
Cervi (Rosario Central e Benfica), Lodeiro (Boca Juniors e Seattle Sounders), Seijas (Independiente Santa Fe e Inter), Centurión (São Paulo e Boca Juniors) e Lucas Lima (Santos);

Meia criativo
Arrascaeta (Cruzeiro), Robinho (Atlético-MG), Román Martínez (Lanús), Cardona (Monterrey) e Macnelly Torres (Atlético Nacional);

Atacantes (dois)
Gabriel Jesus (Palmeiras), Tevez (Boca Juniors), Alario (River Plate), Berrío (Atlético Nacional), Ángel Romero (Corinthians), Fred (Fluminense e Atlético-MG), Ábila (Huracán e Cruzeiro), Pratto (Atlético-MG), Miguel Borja (Atlético Nacional) e Guerrero (Flamengo).

Marcadores:

Postar um comentário

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget