Ricardo Fischer e Lelê reforçam o Flamengo contra o Pinheiros.

Fischer destacou o fato de ser seu primeiro jogo com a camisa do Rubro-Negro em um jogo do NBB e a vontade de começar bem o campeonato.

Ricardo Fischer está de volta ao Flamengo - Foto: Divulgação / Flamengo
SITE OFICIAL DO FLAMENGO: O Flamengo encontra sua torcida pela primeira vez na nona temporada do Novo Basquete Brasil (NBB) nesta quinta-feira (17), às 21h, no ginásio do Tijuca Tênis Clube, e José Neto poderá contar com o armador Ricardo Fischer a o jovem ala Lelê em sua rotação. Os dois jogadores, que estavam se recuperando de suas lesões, voltam a entrar em quadra depois de quase um mês em tratamento e estreiam com o Manto Sagrado no NBB, contra o Pinheiros.

Fischer, que sofreu um estiramento da musculatura posterior da coxa esquerda durante o segundo jogo da semifinal do Estadual contra o Botafogo, no dia 19 de outubro, destacou o fato de ser seu primeiro jogo com a camisa do Rubro-Negro em um jogo do NBB e a vontade de começar bem o campeonato.

"É meu jogo de reestreia depois de quase três semanas, mas estou muito bem fisicamente. É minha estreia com a camisa do Flamengo no NBB e espero começar com o pé direito, com vitória, junto com a nossa torcida", disse Fischer.

O armador viajou com a equipe para São Paulo para os jogos contra Bauru e Franca, porém não entrou em quadra. Fischer fez sua estreia pelo Flamengo contra o Vasco, na segunda rodada do Campeonato do Estadual, e desde então tem sido uma peça importante do elenco.

Já o jogador sub-22 Lelê, que compõe o elenco adulto do FlaBasquete, se lesionou em um treino de quadra no dia 9 de outubro e teve uma entorse do joelho direito. Recuperado, o ala comentou a oportunidade de jogar com a equipe adulta.

"A gente sempre tem que aproveitar a oportunidade que o Neto nos dá. Ele tem a filosofia de não ter banco, então ele vai rodar todo mundo e você tem que estar sempre pronto para jogar. Quando cansar a rotação dos adultos, nós mais novos temos que estar preparados para entrar bem", explicou Lelê.

José Neto, técnico da equipe rubro-negra, deixou clara a importância da volta dos dois atletas para as quadras.

"Nesse momento, quando a gente consegue agregar algum jogador que estava fora, é bastante importante. Nós conseguimos aumentar a rotação, conseguimos jogar com mais intensidade, conseguimos fazer com que a equipe tenha um elenco mais amplo. O Fischer e o Lelê são jogadores que vêm para somar bastante. Eles vêm para somar em todos esses quesitos e com tempo vão ganhando o ritmo do time", afirmou Neto.

Marcadores:

Postar um comentário

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget