Caldeirão do Urubu.

Esse último já deixou claro que não vai comemorar gol marcado contra o Flamengo caso aconteça.

Rede véu da noiva no gol da Ilha do Urubu, do Flamengo - Foto: Gilvan de Souza
BOTECO DO FLA: A melhor solução do mundo não é, dadas as restrições de espaço na Ilha do Urubu (apenas 15.967 ingressos disponibilizados para a partida). Mas diante da Chata Novela Maracanã e do caos que a diretoria fez ano passado com o excesso de jogos “em casa fora”, é louvável e admirável que o Flamengo tenha, enfim, um campo para jogar bola no Rio de Janeiro.

Radicalmente diferente da ideia de iniciar a história da Ilha do Urubu em partida da fase de grupos da Libertadores ainda em março, quando diretoria, torcida e jogadores estavam em lua-de-mel, a saga do novo lar começa na sétima rodada do Brasileirão (eu disse SETE?) e encontra o Flamengo em má fase, na posição de número 15, com apenas dois pontos de distância do Z4. Ainda que o flerte com rebaixamentos faça parte do nosso passado e não nos assombre mais, não condiz de forma alguma com o investimento financeiro e emocional feito para a temporada.

Como sempre... Não dá pra cravar exatamente o time que vai pro jogo. Juan poupado deve dar lugar ao Vaz, Pará em má fase deve assistir do banco Rodinei ganhar mais uma oportunidade de começar jogando. Thiago deve ser mantido no lugar do Muralha, mesmo porque, pouco foi testado no fraco jogo de domingo contra o Avaí. Um mistério sonda a participação ou não do Arão desde o começo, já que o Zé Ricardo falou uma coisa na coletiva (Arão joga) e fez outra coisa no treinamento realizado na Ilha, onde Cuéllar apareceu treinando entre os titulares. E lá vamos nós na mesma e desgastada tecla: tanto faz também a escolha por nomes se o principal, ATITUDE, continuar ausente.

Do lado de lá... Do lado de lá... Rodrigo não joga. Provavelmente porque ficou chateado ao saber que seu BFF, Guerrero, não estaria em campo. Sheik também está fora porque (lá também tem dessas coisas) apresentou um “desconforto”. Oficialmente muscular, a hipótese de que seja um incômodo psicológico não pode ser descartada. Tem gente em campo querendo mostrar serviço e fazer valer a lei do ex. Marllon e Negueba devem começar jogando. Esse último já deixou claro que não vai comemorar gol marcado contra o Flamengo caso aconteça. Com 3V, 1E e 2D, a Ponte faz bom início de Brasileirão, ocupando o quinto lugar na tabela.

Uma grande dúvida para a noite de hoje, e isso passa muito pelos minutos iniciais de partida, é saber se a torcida presente atuará a favor ou contra. O clima é tenso e esse assombro já se manifestou diversas vezes nas entrevistas dos jogadores e comissão técnica. Como o Boteco afirmou ontem, o Caldeirão é para os outros. Não seria das melhores ideias do mundo a arquibancada, tão próxima ao campo, se mostrar impaciente de forma precoce... Hmmmm... Sou suspeito, mas considero “precoce” qualquer momento antes do apito final.

Após quatro jogos fora de casa nas seis primeiras rodadas, sendo um dos outros dois um Clássico, o Flamengo tem agora uma sequência de três partidas no Rio. Ok... Uma é um Fla-flu. Ainda está tudo bem no começo e qualquer série de bons resultados pode modificar e muito a situação incômoda na tabela. Se rola uma vitória no Clássico, e mais duas contra Ponte e Chape na Ilha do Urubu, certamente o Flamengo aparece no fim desse período lá na parte mais alta da classificação. E aí sim, trilhar novos e esperados caminhos no Brasileirão 2017.

Bora pra dentro deles.

Isso aqui é Flamengo.

PETISCOS

. SE TODO MAL FOSSE ESSE. Zé Ricardo se mostrou muito animado com a iluminação do campo na Ilha, declarando que boa parte dos problemas em jogos noturnos é proveniente de falha nesse quesito. Então tá.

. DEVIA SE LEI. Todo torcedor acha que o “véu de noiva”, estilo de rede que será usado na Ilha, é o melhor de todos os possíveis. Devemos ter razão nisso, já que somos os principais interessados.

. TÁ, TÁ, TÁ. Apesar dos protestos da diretoria santista, que afirma ser impossível o Geuvânio fechar com o Flamengo por conta de uma tal cláusula de exclusividade em seu retorno ao Brasil, o nosso Departamento Jurídico recomendou... Ignorar totalmente o mimimi do Presidente do Peixe.

. APAGANDO FOGUEIRA COM QUEROSENE. Cada vez que alguém tenta remediar a situação envolvendo fluminenCE, Palmeiras e Richarlison, de qualquer uma das partes envolvidas, a situação só fica mais constrangedora.

. E POR FALAR EM CONSTRANGIMENTO. O que dizer do Sassá, que teve todas as oportunidades do mundo no Botafogo, desperdiçou em igual número, e já chegou ao Cruzeiro alfinetando de forma desnecessária seu ex-clube?

. MESA DA JOGATINA. No campeonato, BIS FOOTBALL CLUB (Bismarck Leal) é o líder. Mo mês, CRF TIJUCA 2.0 (Léo Castilho) comanda a tabela. Na última rodada... Vários “doentes” passaram dos 100 pontos. Já os 12 que começaram pelo Flamengo contra o Avaí, somaram míseros 32,35 pontos.

. CARNÊ DO HEPTA. Vencer todas em casa e empatar todas fora não garante, mas é um bom caminho. Analisando por essa perspectiva, estamos devedores em menos 3.


Marcadores:

Postar um comentário

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget