Flamengo busca goleiro "confiável" desde a saída de Bruno.

Logo que Bruno foi preso, no meio de 2010, quem assumiu a titularidade do gol rubro-negro foi o prata da casa Marcelo Lomba.

Bruno, ex-goleiro do Flamengo - Foto: Fabio Castro/Agif/Gazeta Press
EXTRA GLOBO: Ser goleiro titular do Flamengo, definitivamente, não é uma missão das mais fáceis. Prova disso é que, desde a saída de Bruno, preso em 2010 pelo envolvimento no assassinato da modelo Eliza Samúdio, todos os goleiros que foram titulares do Rubro-negro sofreram com as críticas e a ira da torcida e não conseguiram se firmar. Nenhum deles se tornou ídolo, longe disso.

Logo que Bruno foi preso, no meio de 2010, quem assumiu a titularidade do gol rubro-negro foi o prata da casa Marcelo Lomba. O Flamengo brigou para não cair no Campeonato Brasileiro e Lomba não resistiu. No início de 2011, foi negociado com o Bahia.

Indicado por Vanderlei Luxemburgo, Felipe, ex-Corinthians, chegou no início de 2011 para assumir a vaga. Fez bons jogos durante o ano, conquistou o título carioca defendendo diversas cobranças de pênalti e se destacou na campanha do Brasileiro, onde o Fla se classificou para a Libertadores. Foi nessa época que ganhou o apelido de Paredão. Em 2012, porém, sofreu uma queda de produção e perdeu, por alguns jogos, a vaga de titular para Paulo Victor. Entre o fim de 2013 e o início de 2014, voltou a ficar em alta com as conquistas da Copa do Brasil e do Campeonato Carioca. Depois, oscilou, foi criticado pelos torcedores e afastado pelo técnico Vanderlei Luxemburgo. Acabou deixando o clube após um acordo.

Ainda em 2014, Paulo Victor assumiu de vez a vaga de titular da meta rubro-negra, mas nunca contou com o apoio maciço da torcida. O jovem César, que teve algumas oportunidades, também não agradou. No meio de 2016, PV perdeu a vaga de titular para Alex Muralha e há alguns meses pediu para ser negociado com o futebol turco. César, por sua vez, foi emprestado e voltou recentemente para ocupar a vaga de terceiro goleiro do Flamengo.

Alex Muralha foi bem em 2016, principalmente na boa campanha do Brasileiro, e chegou a ser convocado para a seleção brasileira por Tite. O Flamengo não tinha um goleiro convocado desde Júlio César. Mas, caiu em desgraça em 2017 e os torcedores já pedem a sua saída do clube. A carência de um ídolo faz a torcida rubro-negra pedir a volta do experiente Júlio César nas redes sociais. Até o mexicano Ochoa foi lembrado nesta semana.

Marcadores:

Postar um comentário

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget