Flamengo de Eduardo Bandeira já fez 60 contratações.

De 2016 para cá vieram o zagueiro Antônio Carlos e Arthur Henrique que nunca jogaram.

Eduardo Bandeira de Mello, Rhodolfo e Rodrigo Caetano - Foto: Gilvan de Souza
BRUNO VOLOCH: Mancuello, Cuellar, Donatti e Berrio. Estrangeiros que chegaram e não deram certo no Flamengo.

É bem verdade que Guerrero, ainda que tenha demorado a engrenar, e Trauco responderam positivamente.

O Flamengo não para de contratar. Agora desembarca o zagueiro Rhodolfo.

Será ele um novo Rever, Juan ou Rafael Vaz?

Me lembro de Rhodolfo quando sofreu uma lesão jogando pelo São Paulo. O Grêmio, expert no tema, investiu no zagueiro e ele foi um dos destaques do brasileirão de 2013.

Só que já se passaram 4 anos.

Fazendo uma rápido apanhado o Flamengo em 2015 fez 13 contratações. Nomes como Emerson Sheik, Marcelo Cirino, Éderson, Jonas, César Martins, Pará, Armero, Alan Patrick, Ayrton, Almir, Rodinei e Kayke.

Quantos vingaram?

De 2016 para cá vieram o zagueiro Antônio Carlos e Arthur Henrique que nunca jogaram.

Wilian Arão, Muralha, Diego, Chiquinho, Fernandinho, Damião e Conca completam a lista.

A melhor e menos arriscada de todas as negociações foi a envolvendo Conca que veio de graça e só ganha se jogar.

A gestão de Bandeira fez 60 contratações. Números assustadores.

O torcedor que tire suas próprias conclusões.

Marcadores:

Postar um comentário

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget