Ilha terá esquema especial de trânsito para jogos do Flamengo.

O presidente do Flamengo, Bandeira de Mello, vive a expectativa da estreia na Ilha e torce para que tudo corra bem.

Vista aérea do entorno da Arena da Ilha reformada pelo Flamengo - Foto: Reprodução / FlaTV
ILHA NOTÍCIAS: A próxima quarta (14) marca a abertura do novo Estádio Luso-Brasileiro, após as obras de construção de novas arquibancadas, gramado, iluminação e toda estrutura operacional, como vestiários e banheiros. O primeiro jogo do rubro-negro na Ilha será às 21h, contra a Ponte Preta.

Para facilitar a logística e segurança dos moradores do entorno do estádio e o acesso dos torcedores nos dias de jogos, as autoridades vão deslocar contingentes de policiais militares e da guarda municipal, além de agentes da Seop e Cet-Rio, em número maior do que é utilizado normalmente nos jogos realizados do Maracanã.

No esquema preparado pelos órgãos de trânsito, para os dias de jogos, diversas ruas da Portuguesa terão o trânsito controlado para evitar problemas para quem mora na região. Os veículos dos moradores que receberam, na última semana, um adesivo especial poderão circular nas ruas que ficarão interditadas quatro horas antes do início das partidas. Nas duas horas que antecedem os jogos só será permitida a circulação de pedestres e não será permitida a circulação de nenhum veículo nas ruas mais próximas ao estádio. Os vendedores ambulantes não terão acesso às ruas fechadas.

Na segunda (12), às 18h, a CET-Rio irá realizar uma reunião na sede da Associação Atlética Portuguesa, com os moradores interessados em esclarecer dúvidas sobre o trânsito.

O presidente do Flamengo, Bandeira de Mello, vive a expectativa da estreia na Ilha e torce para que tudo corra bem.

”Fizemos uma obra de razoável complexidade na Ilha, com todo rigor técnico. O estádio está pronto e estrearemos dia 14, contra a Ponte Preta”.

A entrada da torcida visitante será pela Rua Gustavo Augusto de Rezende, no setor Sul, já o acesso da torcida rubro-negra será pelas ruas Projetada e Haroldo Lobo para as arquibancadas dos setores norte, oeste e leste.

Segundo o superintendente Daniel Balbi todos os esforços estão sendo feitos para amenizar os impactos para os moradores da região.

“Já fizemos diversas reuniões de planejamento com o Flamengo e diversos órgãos públicos para causar o menor transtorno possível para os moradores da Ilha, em especial aos da Portuguesa. Conseguimos atender praticamente todas as reivindicações dos moradores.”


Marcadores:

Postar um comentário

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget