Jornalista avalia Corinthians como nota A e Flamengo nota C.

O Flamengo já está fora da Libertadores, faz campanha medíocre no Brasileiro e não inspira confiança alguma.

Everton e Juan durante Avaí x Flamengo - Foto: Staff Images
ESPN: A temporada do futebol brasileiro já está quase na metade. Times que começaram o ano com pinta de favoritos pelo alto investimento feito ainda não empolgaram. Outros que pareciam destinados ao papel de coadjuvante surpreendem. O blog dá as notas dos 12 times mais tradicionais do país. Veja e concorde, ou não, delas.

Corinthians: A
Ninguém imaginava que o time de Fabio Carrile teria tanto sucesso. Ganhar o Paulista já parecia que o time ficaria no lucro em 2017. Mas lidera agora o Brasileiro, invicto, tem padrão de jogo de sobra e tudo isso gastando bem menos do que os rivais. E ainda com a chance de título na Sul-Americana

Grêmio: A-
Só não leva o A integral por não ter ido bem no Gaúcho, competição que Renato Gaúcho colocou em segundo plano. Mas o Grêmio joga o futebol mais bonito do país, faz campanha irretocável na Libertadores e briga pelo topo no Brasileiro. E como o Corinthians sem gastar muito

Botafogo: B+
A prova maior de que dinheiro não é tudo no futebol. Com garotos e jogadores descartados em outros grandes, o Botafogo faz campanha heróica na Libertadores, eliminando uma penca de ex-campeões. E faz campanha no Brasileiro suficiente para deixá-lo longe da zona do rebaixamento

Fluminense: B-
Abel Braga abraçou o time de garotos, os colocou para jogar no ataque e o clube também faz campanha acima do esperado. Brigou palmo a palmo com o Flamengo pelo título do Carioca, segue vivo na Sul-Americana e parece ter fôlego para brigar por uma vaga na Libertadores no Brasileiro

Atlético-MG: B-
Pelo que está jogando, merecia uma nota menor. Mas o título do Mineiro e a melhor campanha na fase de grupos da Libertadores, onde teve rivais frágeis, eleva sua avaliação. Mas o desempenho no Brasileiro é decepcionante, e o time joga muito aquém do elenco que tem

Flamengo: C
Outro que o título do Estadual impede uma nota até vermelha. Um dos times que mais investe no país, com um elenco recheado de estrelas e com um técnico no cargo há mais de um ano, o Flamengo já está fora da Libertadores, faz campanha medíocre no Brasileiro e não inspira confiança alguma

Cruzeiro: C
Também começou o ano com pinta de favorito. Mas já perdeu o Mineiro para o rival Atlético-MG e foi eliminado por um time pequeno do Paraguai na Sul-Americana. Segue vivo na Copa do Brasil e faz campanha irregular no Brasileiro. E a torcida não para de vaiar Mano Menezes

Palmeiras: C
Com o tanto que gastou, o Palmeiras começou o ano como favorito em qualquer competição que jogasse no Brasil e na América do Sul. Mas a realidade foi uma eliminação para a Ponte no Paulista, campanha irregular na Libertadores e começo ruim no Brasileiro. E a troca de Eduardo Baptista por Cuca ainda não deu resultado

Santos: C
A boa campanha na Libertadores impede que o Santos tenha uma nota menor. A campanha no Paulista foi sofrível, o Brasileiro começa de forma irregular e o mais importante: mesmo mantendo a base do ano passado, o time não consegue jogar bem. Resta ver o que acontece com a troca de Dorival por Levir Culpi

Vasco: C
No caso do time de São Januário, ter nota azul até que já é um bom negócio. No Carioca não teve título e na Copa do Brasil o time já foi eliminado. Mas com Luis Fabiano inspirado e mostrando força em São Januário, o Vasco pelo menos dá pinta que pode ficar longe da zona do rebaixamento no  Brasileiro

São Paulo: C-
Em menos de seis meses de temporada, o São Paulo deu adeus às chances de três títulos: Paulista (eliminado pelo rival Corinthians), Copa do Brasil e Sul-Americana (para um time muito fraco da Argentina). E, sem ganhar de ninguém fora de casa, caminha para um Brasileiro de posição intermediária

Inter: D
Era difícil imaginar que o Internacional pudesse brigar pelo título da Copa do Brasil. Mas perder a final para o Novo Hamburgo, ter um começo com tantos tropeços na Série B e já ter mudado de treinador é exagero. E ainda corre o risco de ser excluído da segunda divisão pelo caso Victor Ramos


Marcadores:

Postar um comentário

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget