Mauro chama Bandeira, Presidente do Flamengo, de banana.

A palavra banana também serve para definir uma pessoa mole ou fraca; sem atitude ou coragem; sem energia ou ânimo. Em suma, um banana!

Presidente do Flamengo fazendo gesto obsceno a torcedor na Ressacada - Foto: Divulgação
MAURO CEZAR PEREIRA: "Não sou um lorde. Se quiserem procurar um presidente no Itamaraty, poderiam encontrar alguém melhor do que eu, mas a pessoa estava segurando uma faixa ofensiva a um diretor do Flamengo. Estava escrito "Rodrigo Caetano 171", e aí eu fiz o gesto com o polegar para baixo, aí ele largou a faixa, veio para o alambrado e começou a me xingar, começou a falar um monte, aí eu dei a banana para ele. Não sou um lorde, talvez não devia ter feito, mas é difícil, não tenho sangue de barata", disse o presidente do Flamengo ao site GloboEsporte.com após o cotejo em Florianópolis, onde seu time empatou com o Avaí (1-1) pela sexta rodada da Série A.

Mas afinal, o que é dar uma banana? Trata-se de um gesto obsceno comum na França, Espanha, Itália, Geórgia, Brasil, Portugal e América hispânica, que possui o mesmo significado do dedo médio em destaque.

Ele consiste em dobrar um braço para fazer um L com a palma da mão fechada apontando para cima, enquanto a outra mão, em seguida, agarra o bíceps do braço dobrado. O antebraço dobrado é então levantado na vertical enfaticamente.

Além da fruta e do gesto, a palavra banana identifica um penteado utilizado pelas mulheres costumeiramente em festas e eventos mais sofisticados, no qual o cabelo forma um coque que posiciona uma espécie de rolo na parte de trás da cabeça.

A palavra banana também serve para definir uma pessoa mole ou fraca; sem atitude ou coragem; sem energia ou ânimo. Em suma, um banana!


Marcadores:

Postar um comentário

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget