A maluquice que foi a goleada do Flamengo.

Melhor para o Rubro-Negro, que, na dança do placar, terminou vencedor por 5 a 2. E sorte de quem sobreviveu!

Berrio comemorando gol com jogadores do Flamengo contra o Palestino - Foto: Staff Image
GLOBO ESPORTE: Quem viu o primeiro tempo da partida entre Flamengo e Palestino deve ter pensado em dormir no intervalo. E quem fez isso, sem dúvidas, se arrependeu. Após 45 minutos monótonos, não faltou emoção na segunda etapa: em só 14 minutos e 37 segundos, os times marcaram cinco gols. Melhor para o Rubro-Negro, que, na dança do placar, terminou vencedor por 5 a 2. E sorte de quem sobreviveu!

Vamos à cronologia do segundo tempo

1 minuto e 1 segundo: Réver aproveita a sobra da bola dentro da área e abre o placar no San Carlos Apoquindo.

4 minutos e 59: depois de escanteio, Rafael Vaz afasta o perigo, mas a bola sobra justamente para Romo, que chuta de fora da área. Gol de empate.

11 minutos e 23: Vidal aproveita bom cruzamento para dentro da área do Flamengo - a zaga ficou parada - e vira para o Palestino.

13 minutos e 44: não era só o jogo que estava louco. Esse gol foi bem louco, inclusive. Depois de uma confusão dentro da área - bola ia e voltava -, Berrío chutou e empatou DE NOVO.

15 minutos e 35: jogador mais procurado pelo setor ofensivo do Flamengo, Leandro Damião, finalmente, aproveitou uma chance. E com estilo. O atacante recebeu bom passe de Everton dentro da área e, de calcanhar, virou para o Fla. Ufa!

Depois, aos 36 e 23 segundos, já fora da loucura dos minutos iniciais do segundo tempo, Rafael Vaz marcou seu primeiro gol com a camisa do Flamengo. Para finalizar, aos 42 e 48 segundos, Éverton Ribeiro também balançou as redes pela primeira vez no Rubro-Negro.



Marcadores:

Postar um comentário

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget