CBF negociará publicidade estática de campo em nome de clubes

A CBF argumentou aos clubes que pode assumir esse papel centralizador, por se tratar de um interlocutor em comum a todos eles.

Partida do Flamengo pelo Campeonato Brasileiro 2017 na Ilha do Urubu - Foto: Gilvan de Souza
BLOG DO OHATA: A CBF propôs durante encontro com presidentes dos clubes da Série A do Brasileiro negociar por eles o uso da publicidade estática que ficam ao redor dos gramados. Cerca de 15 equipes aceitaram a proposta, segundo cálculo de uma pessoa a par da negociação.

A Globo explorou durante duas décadas essa propriedade comercial dos clubes. Porém durante as negociações dos direitos de TV do Brasileiro a partir de 2019 abriu mão dos direitos da publicidade estática. A confederação também se ofereceu para negociar uma outra propriedade da qual a Globo abriu mão, os direitos internacionais de TV do Brasileiro, conforme informou a ESPN.

Desde 2011, quando houve a implosão do Clube dos 13, os clubes de futebol da Série A não se sentam todos juntos para negociar em conjunto uma de suas propriedades comerciais.

A CBF argumentou aos clubes que pode assumir esse papel centralizador, por se tratar de um interlocutor em comum a todos eles.

No próprio encontro com a CBF circulou entre os cartolas documento por meio do qual eles autorizam a entidade a representá-los em negociações. Mas o documento não tem valor de procuração. A confederação não pode assinar um contrato em nome dos cartolas.

A confirmação à proposta da CBF, porém, no caso de vários clubes, passa pela aprovação dos respectivos conselhos deliberativos ou administrativos. O documento também é examinado pelo departamento jurídico de alguns clubes.

A taxa cobrada pela CBF para representá-los no caso de um negócio ser fechado é de 10%, segundo cartolas ouvidos pelo blog.


Marcadores:

Postar um comentário

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget