Estrelas tiram espaço de joias da Base do Flamengo

Uma exceção entre as crias do Ninho do Urubu que também deve desaparecer quando Diego Alves tiver condições de estrear.

Lucas Paquetá e Vinicius Júnior, ambos da Base do Flamengo - Foto: Gilvan de Souza
ESPN: Quando o Flamengo entrar em campo, neste sábado, para encarar o Coritiba, às 19h (de Brasília), o goleiro Thiago deve ser o único jovem da base entre os titulares de Zé Ricardo. Uma exceção entre as crias do Ninho do Urubu que também deve desaparecer quando Diego Alves tiver condições de estrear.

Com o aumento de opções no estrelado time rubro-negro, o espaço para os jovens praticamente desapareceu. Nem mesmo no banco as promessas têm aparecido, incluindo o badalado Vinícius Júnior.

Nos últimos três jogos do Flamengo, por exemplo, tirando Thiago, o único jogador da base relacionado por Zé Ricardo foi o atacante Felipe Vizeu, que também ficou de fora da partida contra o Cruzeiro.

Vinícius Júnior, por exemplo, foi relacionado pela última vez contra o Vasco, mas não entrou. Sua última aparição foi na partida contra o Santos, pela Copa do Brasil, tendo atuado por apenas 12 minutos. Já são seis jogos sem entrar em campo e três não sendo sequer opção para o banco de reservas.

A situação é parecida com as vividas pelos meio-campistas Matheus Sávio, Lucas Paquetá ou Ronaldo e o zagueiro Léo Duarte, que, juntos, acumulam 1.365 minutos em campo desde o início da temporada.

Léo Duarte foi o que jogou pela última vez, relacionado contra o Vasco e atuando 48 minutos em São Januário. Assim como os demais jovens, porém, ficou de fora contra Grêmio, Cruzeiro e Palmeiras.

Matheus Sávio, por sua vez, também ficou no banco contra o Vasco, mas não entra em campo desde que jogou um minuto contra o São Paulo. São cinco jogos fora, sendo três sem ser relacionado.

Para Paquetá e Ronaldo, a situação é ainda pior. O primeiro foi relacionado pela última vez contra a Ponte Preta, mas não joga desde que atuou 14 minutos diante do Atlético-PR. Já o volante ficou no banco contra os paranaenses, só que não pisa em campo desde 10 de maio, contra o Atlético-GO.

A diminuição do espaço dos jovens com a chegada de mais reforços para o Flamengo. Vinícius Júnior, por exemplo, aparece atrás na disputa com Geuvânio, em uma função que também tem Everton ou Berrío. Para os meias, a concorrência é forte, com Diego, Éverton Ribeiro, Mancuello ou Darío Conca.

Já na zaga, Léo Duarte se lesionou e não tem atuado nem mesmo com a lesão do reforço Rhodolfo, em setor que também tem Réver, Rafael Vaz e Juan. Entre os volantes, Ronaldo é a última opção de Zé Ricardo, preterido por Willian Arão, Márcio Araújo, Cuéllar e Rômulo.

Neste sábado, Diego será poupado, mas, ainda assim, nenhum jovem deve ser titular. A tendência é que o Flamengo vá a campo com Thiago, Pará, Rafael Vaz, Juan, Trauco, Rômulo, Willian Arão, Mancuello, Éverton Ribeiro, Geuvânio e Guerrero.


Marcadores:

Postar um comentário

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget