Flamengo x Palmeiras: "Duelo de melhores elencos", diz Guedes

A moral já fez até com que o atacante assumisse o posto de batedor de pênaltis da equipe.

Foto: Reprodução
ESPN: A partida desta quarta-feira entre Palmeiras e Flamengo marcará o duelo entre os dois melhores elencos do Brasil. Ao menos essa é a opinião do atacante Róger Guedes, que minimiza os problemas alviverdes para o confronto das 21h45 (de Brasília), na Ilha do Urubu.

“Temos que jogar com tranquilidade. Vai ser uma partida difícil, como o Flamengo também sabe. No meu ponto de vista, as duas equipes têm os melhores elencos do Brasil. Acho que vai ser um grande duelo contra eles”, afirmou o atacante. 

Para esta partida, o Palmeiras não contará com Edu Dracena, Felipe Melo e Guerra, poupados por questões físicas. Cuca faz mistério sobre os substitutos, mas a tendência é que Luan, Thiago Santos e Keno assumam as vagas, com Dudu sendo deslocado para a armação da equipe.

Além disso, o Verdão ainda poderá ter o retorno de Jean à lateral direita, e a utilização de Michel Bastos na esquerda. As alterações, no entanto, não preocupam o palmeirense.

“Pode até ser bom, talvez esses atletas não estejam 100% para esse jogo. O Cuca sabe o que faz, é um excelente treinador e sabe a equipe que vai montar contra o Flamengo. Os dois (Dudu e Guerra) têm características muito parecidas. O Dudu tem mais velocidade, mas tomara que quem jogue ali no meio possa ajudar bastante os atacantes (risos)”.

Se no início da temporada Róger Guedes foi para o banco de reservas com Eduardo Baptista, desde o retorno de Cuca ao Verdão, o camisa 23 está com moral no clube: é o único atleta de linha que jogou todas as partidas sob o comando do treinador. A moral já fez até com que o atacante assumisse o posto de batedor de pênaltis da equipe.

“Tenho 20 anos, tenho que jogar, não posso ficar cansado (risos). Não sou o batedor oficial, mas posso dizer que vai ser difícil alguém tirar a bola de mim para bater um pênalti (risos). O Cuca me dá muita confiança. No último jogo (goleada sobre o Vitória no Allianz Parque), a partida estava difícil, perdíamos de 1 a 0, mas peguei a bola com confiança e marquei o gol. Espero que siga assim”, concluiu.


Marcadores:

Postar um comentário

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget