Números refletem bom momento e justificam reforços no Flamengo.

Ao todo, a equipe comandada pelo técnico Zé Ricardo já disputou 41 jogos: venceu 25 vezes, empatou 12 e perdeu quatro.

Jogadores do Flamengo após gol no Maracanã - Foto: Gilvan de Souza / Flamengo
GLOBO ESPORTE: Flamengo se reforçou, manteve o técnico Zé Ricardo, resistiu à eliminação precoce na fase de grupos da Libertadores e, agora, está colhendo os frutos. O Rubro-Negro, depois de uma fase de instabilidade sob pressão da torcida, embalou: já são sete jogos sem derrota, com cinco vitórias e dois empates. Os números agora refletem o bom momento da equipe e justificam as oito contratações do ano - contando Geuvânio, que ainda não estreou.

Atualmente disputando o Campeonato Brasileiro, a Copa do Brasil e a Sul-Americana, o Flamengo também teve o Campeonato Carioca e a Libertadores desde o início da temporada. Foi campeão invicto do estadual e eliminado ainda na fase de grupos da competição continental - momento de maior instabilidade do time, inclusive. Ao todo, a equipe comandada pelo técnico Zé Ricardo já disputou 41 jogos: venceu 25 vezes, empatou 12 e perdeu quatro.

O aproveitamento de 71% coloca o Rubro-Negro em segundo entre os times da Série A em 2017, atrás apenas do Corinthians, que tem 72%, mas disputou menos jogos (38). As duas equipes, com os paulistas na frente, são, inclusive, primeira e terceira colocadas do Campeonato Brasileiro. O Grêmio, vice-líder da competição, tem o terceiro melhor desempenho na temporada: 65%.

Na frente, o ataque rubro-negro tem dado conta do recado: é o segundo mais goleador na temporada, com 80 gols, perdendo apenas para o Fluminense, que balançou as redes 81 vezes. A média flamenguista, no entanto, é melhor, de quase dois gols por jogo.

O Flamengo também está no topo ou perto dele em outros quesitos:

- Mais vitórias (25, contra 23 de Corinthians e Vitória);
- Maior saldo de gols (50, contra 42 do Grêmio);
- Segundo time que menos perdeu (4 derrotas, mais do que o Corinthians, que tem duas);
- Maior média de gols marcados (1,95 por jogo).

Os números, porém, não podem maquiar a importância justamente de três das quatro derrotas do Flamengo em 2017. Na Libertadores, o Rubro-Negro perdeu todos os jogos fora de casa e acabou eliminado ainda na fase de grupos. Um empate na última rodada colocaria a equipe comandada por Zé Ricardo no mata-mata. A outra derrota foi para o Sport, no Brasileiro.

Agora, já com Éverton Ribeiro e Rhodolfo, dois dos últimos reforços para o restante da temporada, o Flamengo espera manter o ritmo para alcançar o líder Corinthians. A equipe paulista tem 29 pontos, contra 20 do Rubro-Negro, que entra em campo novamente no sábado, contra o Vasco, em São Januário, às 18h (de Brasília).


Marcadores:

Postar um comentário

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget