Polícia identifica responsáveis por fotos falsas de Tayrine Seifert

As imagens começaram a viralizar nas redes, na primeira quinzena do mês de junho e, no último dia 27, a musa do Flamengo resolveu registrar o caso.

Foto: Divulgação
O GLOBO: A titular da Delegacia de Repressão a Crimes de Informática (DRCI), Daniela Terra, informou, na tarde desta terça-feira, que investigadores já conseguiram identificar os responsáveis por compartilhar fotos e vídeos atribuídos à mulher do goleiro Alex Muralha, Tayrine Seifert, em sites pornográficos. As imagens começaram a viralizar nas redes, na primeira quinzena do mês de junho e, no último dia 27, a musa do Flamengo nas redes sociais resolveu registrar o caso.

— Ainda não podemos dar muitos detalhes para não atrapalhar as investigações. Mas já conseguimos identificar algumas pessoas responsáveis por compartilhar os vídeos e as fotos. Todos eles responderão pelo crime de injuria. E, se condenados, podem pegar de 1 a 6 meses de prisão ou multa — explicou a delegada.

Ainda de acordo com Daniela Terra, usuários de aplicativos de mensagens e de redes sociais também cometem o crime ao compartilharem conteúdos íntimos sem prévia autorização:

— As pessoas precisam se atentar sobre isso. Elas precisam entender que existe lei no ambiente virtual também e que essas atitudes podem prejudicar muito a vida de quem tem essas imagens íntimas expostas.

Logo depois de ter registrado o fato, o advogado do jogador Muralha, Aldo Giovani Kurle, emitiu nota em que nega que as imagens sejam da musa:

“A primeira questão é vir a público e deixar claro que não é a Tayrine (mulher do Muralha) nas imagens. Ela tem uma tatuagem grande no braço, e a mulher que aparece nas fotos e vídeos, não. É bom conscientizar e alertar o público em geral que isso não é brincadeira, mas sim um assunto muito sério, que atinge e prejudica as famílias. Ainda segundo o profissional, publicar e replicar essas fotos e vídeos é crime. Medidas já estão sendo tomadas tanto na esfera criminal, para averiguação dos responsáveis pelas publicações, quanto na cível, contra todos os sites de busca e de pornografia que estão mencionando equivocadamente que é a Tayrine".

VAZAMENTO DE VÍDEO DE ATOR

E nesta segunda-feira, o ator José Loreto esteve na Delegacia de Repressão aos Crimes de Informática (DRCI) para registrar o vazamento de um vídeo íntimo em que aparece se masturbando. Durante o depoimento, o ator não soube precisar para quem as imagens foram enviadas e qual foi a plataforma utilizada. O que ele deixou claro é que as imagens foram feitas há cerca de 10 anos em um outro contexto de sua vida profissional, quando ainda não era tão conhecido, era solteiro e vivia em outro endereço, explicou a delegada Daniela Terra, titular da especializada. Ainda de acordo com a delegada, o ator contou no depoimento que se deu conta que a gravação tinha ganhado as redes durante o último fim de semana.

— Agora nós estamos fazendo uma varredura em sites e redes sociais para identificar a pessoa que divulgou o vídeo — frisou.


Marcadores:

Postar um comentário

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget