São Paulo e Sport tentam tirar Conca do Flamengo

E teriam sensibilizado o argentino não fosse sua vontade de escrever o nome na história do Flamengo.

Conca, do Flamengo - Foto: Gilvan de Souza
MARLUCI MARTINS: A tristeza por não conseguir nem mesmo ser relacionado com frequência para o banco de reservas do Flamengo vai minando a paciência de Conca. Mas ainda não é forte o suficiente para fazê-lo jogar a toalha. Aos 34 anos, com a vida financeira resolvida e uma sutura de menisco no currículo, o jogador recebeu algumas sondagens nas duas últimas semanas. Mas, se o time de estrelas montado pelo Flamengo reduz consideravelmente suas possibilidades, ainda é ali que Conca gostaria de ficar até o fim do ano, quando acaba o vínculo por empréstimo.

Uma das sondagens partiu de um clube chinês, diretamente ao Shanghai SIPG, que detém os seus direitos. As demais, de dentro do Brasil, até teriam balançado Conca não fosse forte o sonho de marcar de alguma forma a passagem pelo Flamengo: o São Paulo, muito mal na tabela, e o Sport, em alta com Vanderlei Luxemburgo, procuraram o jogador.

E teriam sensibilizado o argentino não fosse sua vontade de escrever o nome na história do Flamengo, que o acolheu quando ainda havia dúvida sobre o retorno ao futebol. Mas, escrever o nome com que caneta, com que bola? Conca precisa ter sequência de jogo. A opção por um clube com chance de ser campeão brasileiro talvez não tenha sido lá muito sensata para quem ainda precisa ganhar ritmo.


Marcadores:

Postar um comentário

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget