Arão diz que Maracanã lotado fará a diferença para o Flamengo

Além do episódio de injúria racial, Flamengo e Botafogo iniciaram a disputa por uma vaga na decisão da Copa do Brasil.

Jogadores do Flamengo aplaudindo a torcida no Engenhão - Foto: Gilvan de Souza
GLOBO ESPORTE: Um torcedor do Botafogo foi detido durante o empate em 1 a 1 com o Flamengo por causa de injúrias raciais contra a família do atacante Vinicius Junior, na última quarta-feira, no Nilton Santos. No dia seguinte à partida de ida da semifinal da Copa do Brasil, o volante Willian Arão lamentou a atitude.

- Abominável, lamentável isso em pleno século 21. É até difícil a gente comentar, eu tenho um pai negro e não gostaria de passar por essa situação. Medidas drásticas têm que ser tomadas para ver se a gente aprende e param de uma vez com isso. Se só falar às vezes não se entende. Está provado que o povo brasileiro continua fazendo - disse.

Além do episódio de injúria racial, Flamengo e Botafogo iniciaram a disputa por uma vaga na decisão da Copa do Brasil. O jogo, com um expulso para cada lado, não teve muitas chances.

- Sabíamos que ia ser muito difícil, ia ter muita competição lá dentro, disputa pela bola. Sabíamos que não teria resultado muito largo e que provavelmente seria decidido na segunda partida. Nada muda para nós. O estádio estará lotado, e isso faz diferença para nós. Se aproveitarmos bem as oportunidades e jogarmos como ontem ou melhor, com certeza vamos passar - previu Arão.

A partida de volta da semi da Copa do Brasil é na próxima quarta-feira, às 21h45 (de Brasília), no Maracanã. O Fla precisa vencer para ir à decisão, e o Botafogo tem a vantagem do empate com gols. Em caso de 0 a 0, a disputa vai para os pênaltis.


Marcadores:

Postar um comentário

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget