Diego garante Flamengo motivado para enfrentar o Botafogo

Antes do jogo, o meia Diego falou da pressão que é atuar no Rubro-Negro e também defendeu o técnico Reinaldo Rueda .

Diego, jogador do Flamengo - Foto: Gilvan de Souza
LANCE: Nesta quarta-feira, o Flamengo tem o primeiro jogo da semifinal da Copa do Brasil contra o Botafogo e time chega em um momento que não é dos melhores. Antes do jogo, o meia Diego falou da pressão que é atuar no Rubro-Negro e também defendeu o técnico Reinaldo Rueda após declarações de Jair Ventura sobre a chegada do colombiano.

-  Jogar no Flamengo é uma responsabilidade grande e traçamos metas altas, se não alcançarmos às vezes fica a frustração. Mesmo sem as metas estamos em posição favorável. Estamos em uma semifinal da Copa do Brasil, tem a Sul-Americana. Nos encontramos em um momento na véspera de um jogo semifinal, temos que estar orgulhosos e motivados e a torcida vai estar confiante no nosso objetivo. Em relação ao Jair não tem o que falar opinião, dele. Pensamos diferente e vamos fazer de tudo para que o Rueda tenha sucesso. Não chegou por a caso e vamos trabalhar para conquistar títulos.

De técnico novo, Diego aproveitou para elogiar o Botafogo, mas garantiu que o grupo chega bem forte para brigar por vaga na decisão da Copa do Brasil.

- O Botafogo tem o nosso total respeito, grande equipe e vai atuar em casa. A qualidade do nosso elenco e o que conquistamos juntos, histórico de cada jogador faz com que dispense comentários e esclareça qualquer dúvida. Derrotas e decepções em uma trajetória da equipe faz parte. Aqui é um grupo de homens com caráter e determinação e vamos fazer o nosso melhor. Chegamos extremamente motivados para esse jogo e decidido do que queremos e podemos fazer. Com respeito ao Botafogo, temos a nossa qualidade e mais uma vez vamos entrar para colocar em prática.

Apesar de não ter tido muito tempo para trabalhar com os novos comandados, Rueda já estudava bastante os adversários de longe. O camisa 35 afirmou que mesmo assim, time já terá um pouco da cara do colombiano.

- Nosso treinamento foi em alta intensidade. Trabalho com bola, tático... é muito cedo, mas é claro que chega um treinador motivado e isso contagia. Nós podemos sim ver já a influência desse treinador já nesse jogo.


Marcadores:

Postar um comentário

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget