Djavú? Presidente do Botafogo confirma ida à CBF contra Flamengo

Se o Rubro-negro não mudar o preço dos ingressos para a torcida visitante no jogo de volta, o clube de General Severiano irá recorrer à CBF.

Presidente do Botafogo, Carlos Eduardo Pereira - Foto: Vitor Silva / SSPress
EXTRA GLOBO: O presidente do Botafogo, Carlos Eduardo Pereira, deu um prazo ao Flamengo: o fim do jogo desta quarta-feira, o primeiro da semifinal da Copa do Brasil. Se o Rubro-negro não mudar o preço dos ingressos para a torcida visitante no jogo de volta, o clube de General Severiano irá recorrer à CBF.

- Nós esperamos que o Flamengo corrija o preço até o fim do jogo de hoje (quarta-feira). Caso contrário, nós vamos recorrer à CBF, sem dúvidas - disse ele ao EXTRA.

A polêmica ocorre porque os ingressos do setor Sul do Maracanã, onde ficará a torcida do Botafogo, custa R$ 150, enquanto o setor Norte, equivalente, custará R$ 120. No entanto, os ingressos para a torcida do Flamengo no setor Sul também custam R$ 150. A possibilidade de ida à CBF foi noticiada primeiramente pelo "Globoesporte.com".

O Flamengo informou que não vai comentar a reação do Botafogo. Nos bastidores, os dirigentes alegam que o clube precifica Sul e Norte de formas diferentes até em seus jogos. E que o Botafogo "quer criar caso de novo" mesmo sabendo que a cobrança é para torcedores dos dois clubes.

No Estádio Nilton Santos, palco do jogo de ida desta quarta-feira, a entrada do setor Sul - onde ficarão os visitantes - custa R$ 40, enquanto a do setor Norte sai por R$ 20. O argumento do Botafogo é que o setor Sul tem cadeiras, e o Norte, não.

Já foram vendidos cerca de 25 mil ingressos para o jogo do próximo dia 23.


Marcadores:

Postar um comentário

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget