Flamengo anuncia a contratação de Reinaldo Rueda

Ele trará dois funcionários de seu staff para o clube: Bernardo Redin e o preparador físico Carlos Eduardo Velasco.

Reinaldo Rueda já posou ao lado do escudo do Flamengo - Foto: Gilvan de Souza
GLOBO ESPORTE: Flamengo anunciou oficialmente Reinaldo Rueda como seu novo técnico. Campeão da Libertadores 2016 pelo Atlético Nacional, de Medellín, o colombiano de 60 anos assinou o contrato neste domingo, em Belo Horizonte, onde acompanhou a derrota por 2 a 0 para o Atlético-MG, no Independência, ainda sob o comando do interino Jayme de Almeida. Ele já treinará a equipe na tarde desta segunda.

Rueda desembarcou no Rio de Janeiro na manhã deste domingo e foi recepcionado pelo presidente do Flamengo, Eduardo Bandeira de Mello, no Aeroporto do Galeão, antes de pegar o avião para Minas Gerais. A apresentação está marcada para segunda-feira, no Rio de Janeiro.

O colombiano de 60 anos chegou a um acordo com o clube na última sexta-feira. Antes, ele já havia aceitado a ideia de trabalhar no Brasil, mas ainda restavam algumas pendências, como questões financeiras - tudo resolvido antes do fim de semana.

Com passagens por times colombianos e seleções, Rueda ganhou notoriedade pelo vitorioso trabalho à frente do Atlético Nacional, de Medellín, entre 2015 e 2017, cujo principal título foi o da Libertadores de 2016, time que continha Berrío, hoje no Fla, e Guerra e Borja, hoje no Palmeiras, como alguns de seus principais jogadores.

Ele trará dois funcionários de seu staff para o clube: o ex-jogador colombiano Bernardo Redin, que esteve ao seu lado no período do Atlético Nacional, e o preparador físico Carlos Eduardo Velasco. As conversas com Rueda começaram no início da semana. Ele estava sem trabalho desde que deixou o time colombiano em 21 de junho. Na Libertadores deste ano, caiu na primeira fase, tendo ficado em último no Grupo 1 - o mesmo do Botafogo.

Rueda chega para assumir o lugar de Zé Ricardo, demitido do cargo no último domingo, após a derrota por 2 a 0 diante do Vitória. Na quarta-feira, o auxiliar Jayme de Almeida comandou o Flamengo na goleada sobre o Palestino, pela Sul-Americana. Antes, o clube chegou a sondar Roger Machado. O ex-comandante do Atlético-MG, no entanto, deixou claro que não queria assumir nenhuma equipe até o fim da temporada.

Zé Ricardo foi demitido no domingo, após a derrota para o Vitória, na Ilha do Urubu, pelo Brasileirão. Efetivado no dia 26 de maio de 2016, Zé ficou 432 dias à frente do Rubro-Negro, com 47 triunfos, 25 empates e 17 derrotas. Seu aproveitamento foi de 62,2% e um título (Carioca), conquistado no primeiro semestre deste ano.


Marcadores:

Postar um comentário

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget