Flamengo aponta dificuldades com técnico estrangeiro no momento

Caetano também não descartou trazer um técnico que já esteja empregado no momento.

Rodrigo Caetano, do Flamengo - Foto: Gilvan de Souza
ESPN: Menos de um dia após demitir Zé Ricardo, o diretor executivo do Flamengo, Rodrigo Caetano, concedeu coletiva para explicar a mudança e já falar como está a negociação na busca por um substituto para comandar o time.

"Até o dia de ontem, como eu falei, a gente esperava que o desempenho trouxesse os resultados. Dos últimos nove pontos somamos apenas um, nos afastamos demais dos líderes. Diria que a oscilação do desempenho foi determinante. Se a decisão fosse simplista, talvez após a queda na Libertadores muitos esperassem isso. Mas acreditávamos no trabalho até o lamentável dia de ontem”, afirmou Rodrigo Caetano.

Dentre os nomes ventilados para substituir Zé Ricardo, está o de Roger Machado, que começou o ano no Atlético-MG e foi demitido no último mês. Caetano, porém, não quis confirmar tal sondagem.

“A gente tem que ter uma cautela enorme nesse negócio de sondagem. Hoje eu te responderia que estamos avaliando perfis distintos. Alguém que tenha metodologia de treinamento, que dê seguimento ao que o Zé já vinha aplicando. Não temos nenhum preconceito em relação à idade”, explicou.

“Peço que tenham calma porque a gente vai ter a calma necessária para escolher um bom nome pra dar seguimento ao trabalho”, disse o diretor executivo do Fla.


Com o mercado não dispondo de grandes nomes disponíveis, Caetano também não descartou trazer um técnico que já esteja empregado no momento.

“Estamos trabalhando com ‘n’ hipóteses. Natural que muito dos bons técnicos estejam empregados. Hoje não tenho essa resposta (ir atrás de alguém empregado). A principio não, mas não posso estar aqui dizendo uma coisa e daqui 48h mudar”.

Nem mesmo um estrangeiro está descartado. “Apesar de as experiências recentes não terem dado muito sucesso no Brasil, não quer dizer que não possamos fazer de forma diferente. Não citando nenhum nome. Sem sombra de dúvidas, quando você traz um técnico estrangeiro você não está com a visão imediatista. Se não, tudo o que você faz, quando deseja resultado imediato, é não trazer um técnico estrangeiro".

Rodrigo Caetano confirmou que o auxiliar Jayme de Almeida assume o time na quarta-feira, contra o Palestino-CHI, pela Copa Aul-Americana, em casa, e que espera fechar com o novo técnico até o fim desta semana.


Marcadores:

Postar um comentário

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget