Flamengo e Cruzeiro farão terceira revanche de Copa do Brasil

Em 1995, o Corinthians não deu chance para o Grêmio e venceu os dois jogos sob o comando do treinador Eduardo Amorim.

Guerrero em Cruzeiro x Flamengo - Foto: Staff Images
GLOBO ESPORTE: Flamengo e Cruzeiro farão a grande final da Copa do Brasil 2017. O Rubro-Negro e a Raposa garantiram vaga na decisão ao eliminarem, respectivamente, Botafogo e Grêmio nas semifinais. O confronto que definirá o campeão da segunda competição mais importante do futebol brasileiro nos dias 7 e 27 de setembro será uma repetição do duelo ocorrido em 2003, quando a equipe Celeste comandada pelo técnico Vanderlei Luxemburgo ficou com o título após empatar no Maracanã por 1 a 1 e vencer no Mineirão por 3 a 1.

Naquele ano, por sinal, o Cruzeiro acabou conquistando a chamada Tríplice Coroa ao ganhar também o Campeonato Mineiro e o Brasileirão. Em 29 edições desde 1989, quando o torneio passou a ser disputado, 24 clubes diferentes chegaram à final, mas apenas outros dois duelos conseguiram decidir a Copa do Brasil mais de uma vez. Em ambas, cada clube teve o gostinho de levantar a taça.

Em 1995, o Corinthians não deu chance para o Grêmio e venceu os dois jogos sob o comando do treinador Eduardo Amorim, garantindo o primeiro dos seus três títulos no torneio: 2 a 1, no Pacaembu, com gols de Viola e Marcelinho Carioca, e 1 a 0, no Olímpico, novamente com o Pé de Anjo.

A forra do Tricolor gaúcho demorou, mas virou realidade em 2001. Embora tenha empatado por 2 a 2, no Olímpico, os comandados de Tite não se abateram e derrotaram o Timão por 3 a 1, no Morumbi, com gols de Marinho, Zinho e Marcelinho Paraíba. O tetra estava no papo.

A segunda envolveu Palmeiras e Cruzeiro. Em 1996, o Cruzeiro do técnico Levir Culpi deu a volta olímpica no antigo Palestra Itália, em São Paulo, ao vencer de virada por 2 a 1 após empatar por 1 a 1, em Belo Horizonte. O gol que assegurou o bi foi marcado pelo atacante Marcelo Ramos, aos 37 minutos da segunda etapa.

Dois anos mais tarde, o Verdão de Luiz Felipe Scolari deu o troco e faturou o seu primeiro título na competição: no primeiro jogo, derrota por 1 a 0, no Mineirão, e na partida de volta vitória por 2 a 0, com gols de Paulo Nunes e Oséas, este no último minuto.

Confira todas as finais da Copa do Brasil.

1989 Grêmio x Sport
1990 Flamengo x Goiás
1991 Criciúma x Grêmio
1992 Internacional x Fluminense
1993 Cruzeiro x Grêmio
1994 Grêmio x Ceará
1995 Corinthians x Grêmio
1996 Cruzeiro x Palmeiras
1997 Grêmio x Flamengo
1998 Palmeiras x Cruzeiro
1999 Juventude x Botafogo
2000 Cruzeiro x São Paulo
2001 Grêmio x Corinthians
2002 Corinthians x Brasiliense
2003 Cruzeiro x Flamengo
2004 Santo André x Flamengo
2005 Paulista x Fluminense
2006 Flamengo x Vasco
2007 Fluminense x Figueirense
2008 Sport x Corinthians
2009 Corinthians x Internacional
2010 Santos x Vitória
2011 Vasco x Coritiba
2012 Palmeiras x Coritiba
2013 Flamengo x Atlético-PR
2014 Atlético-MG x Cruzeiro
2015 Palmeiras x Santos
2016 Grêmio x Atlético-MG
2017 Cruzeiro x Flamengo

Confira o número de participações dos clubes que já disputaram a final da Copa do Brasil

Grêmio - 8 finais - Campeão contra o Sport (1990), Ceará (1994), Flamengo (1997), Corinthians (2001) e Atlético-MG (2016) e vice para Criciúma (1991), Cruzeiro (1993) e Corinthians (1995)
Cruzeiro - 7 finais incluindo 2017 - Campeão contra Grêmio (1993), Palmeiras (1996), São Paulo (2000) e Flamengo (2003) e vice para Palmeiras (1998) e Atlético-MG (2014)
Flamengo - 7 finais incluindo 2017 - Campeão contra Goiás (1990), Vasco (2006) e Atlético-PR (2013) e vice para Grêmio (1997), Cruzeiro (2003) e Santo André (2004)
Corinthians - 5 finais - Campeão contra o Grêmio (1995), Brasiliense (2002) e Internacional (2009) e vice para Grêmio (2001) e Sport (2008)
Palmeiras - 4 finais - Campeão contra o Cruzeiro (1998), Coritiba (2012) e Santos (2015) e vice para Cruzeiro (1996)
Fluminense - 3 finais - Campeão contra o Figueirense (2007) e vice para o Internacional (1992) e Paulista (2005)
Atlético-MG - 2 finais - Campeão contra o Cruzeiro (2014) e vice para o Grêmio (2016)
Coritiba - 2 finais - Vice para o Vasco (2011) e Palmeiras (2012)
Internacional - 2 finais - Campeão contra o Fluminense (1992) e vice para o Corinthians (2009)
Santos - 2 finais - Campeão contra o Vitória (2010) e vice para o Palmeiras (2015)
Sport - 2 finais - Campeão contra o Corinthians (2008) e vice para o Grêmio (1989)
Vasco - 2 finais - Campeão contra o Coritiba (2011) e vice para o Flamengo (2006)
Atlético-PR - 1 final - Vice para o Flamengo (2013)
Botafogo - 1 final - Vice para o Juventude (1999)
Brasiliense - 1 final - Vice para o Corinthians (2002)
Ceará - 1 final - Vice para o Grêmio (1994)
Criciúma - 1 final - Campeão contra o Grêmio (1991)
Figueirense - 1 final - Vice para o Fluminense (2007)
Goiás - 1 final - Vice para o Flamengo (1990)
Juventude - 1 final - Campeão contra o Botafogo (1999)
Paulista - 1 final - Campeão contra Fluminense (2005)
Santo André - 1 final - Campeão contra Flamengo (2004)
São Paulo - 1 final - Vice para o Cruzeiro (2000)
Vitória - 1 final - Vice para o Santos (2010)


Marcadores:

Postar um comentário

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget