Flamengo inicia semana em luta contra o tempo para ter peças-chave

O jogo contra o Dragão pode ter servido como um bom ensaio para quarta. Com muitas baixas, o treinador testou Lucas Paquetá como centroavante.

Guerrero e Everton comemorando gol pelo Flamengo - Foto: Gilvan de Souza
UOL: A vitória por 2 a 0 sobre o Atlético-GO trouxe um pouco mais de alívio a um time que não vencia há quatro rodadas no Campeonato Brasileiro, mas fato é que o Flamengo inicia a semana mais importante do ano com muitas dúvidas e preocupações.

De olho em uma vaga na finalíssima da Copa do Brasil, o Fla encara o Botafogo, quarta-feira, 21h45, no Maracanã. A dois dias do clássico, o técnico Reinaldo Rueda aguarda boas notícias vindas do departamento médico do clube.

O ataque é o setor que mais preocupa o colombiano, que ainda não sabe com quem poderá contar para o jogo. Com estiramento na coxa direita, Guerrero dificilmente reunirá condições para reforçar o time. Sem seu principal artilheiro, Rueda poupou Felipe Vizeu do jogo ante os goianos. Como saiu desgastado da partida de ida, o jogador descansou para estar em totais condições para quarta. O comandante adotou o mesmo procedimento com Everton, considerado peça-chave do Flamengo.

A dor de cabeça para montar o sistema ofensivo não se limita ao problema do peruano. Com dores no tornozelo direito, Berrío também é dúvida para a semifinal. Caso não possa contar com seu compatriota, Rueda poderá lançar Vinícius Jr. no confronto decisivo.

"Penso que Vinicius tem um grande potencial e vai seguir crescendo. Fez dois gols e ganhou confiança. Há um futuro grande para ele, para o Flamengo e para o futebol brasileiro", disse Rueda.

O jogo contra o Dragão pode ter servido como um bom ensaio para quarta. Com muitas baixas, o treinador testou Lucas Paquetá como centroavante. O jovem deu o passe para um dos dois gols de Vinicius e teve boa participação na Ilha do Urubu. Com o bom rendimento, Paquetá surge como opção caso haja necessidade de mudanças ao longo do clássico.

"Paquetá tem muito talento, agressividade ofensiva e muita vontade. Ele é muito 'fino', tem muita qualidade técnica", elogiou o comandante.

Substituto de Rafael Vaz no jogo do último sábado, o lateral-esquerdo Renê deixou a Ilha do Governador com uma entorse no tornozelo. Se for vetado, Trauco é o substituto natural do jogador.

Para dificultar a montagem do quebra-cabeça, o colombiano não conta com Diego Alves, Rhodolfo, Geuvânio e Everton Ribeiro, já que nenhum deles está inscrito na Copa do Brasil. Com a suspensão de Alex Muralha, Thiago será o titular no Maracanã.


Marcadores:

Postar um comentário

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget