Flamengo mantém obsessão por estádio de até 50 mil pessoas

A diretoria entende que o custo do Maracanã ainda é abusivo e força a nova licitação antes de mergulhar fundo na busca por um estádio próprio.

Projeto de estádio para o Flamengo - Foto: @neocrf
EXTRA GLOBO: O presidente do Flamengo, Eduardo Bandeira de Mello, confirmou que o clube chegou a um acordo provisório com o consórcio que administra o Maracanã para a realização de quatro partidas até o fim da temporada. O foco é nos jogos decisivos da Copa do Brasil e da Sul-Americana, mas não estão descartados os compromissos pelo Campeonato Brasileiro. Apesar disso, a diretoria entende que o custo do estádio ainda é abusivo e força a nova licitação, do qual quer participar, antes de mergulhar fundo na busca por um estádio próprio.

- Essa postura do Flamengo continua. Achamos o Maracanã caro, o gramado não é o ideal, mas podem ser feitas melhorias provisorias. Fechamos um acordo para fazer quatro jogos até o fim do ano, as condições podem não ser tão boas, mas para um número pequeno de jogos funciona. Vamos reservar essas datas para jogos finais das Copas do Brasil e Sul-Americana. Dentro do Brasileiro podemos fazer um jogo ou outro. Mas a restrição continua. Aguardamos a nova licitação. E com esforços para definir um estádio nosso para até 50 mil pessoas - declarou o mandatário.

Bandeira aproveitou para pedir paz no clássico contra o Botafogo nesta quarta-feira. O presidente disse que toparia até ver o jogo ao lado de Carlos Eduardo Pereira, do Botafogo, mas não garantiu modos tão educados.

- Nunca partiu do Flamengo nenhuma hostilidade. Sempre externei a preferência pela convivência pacífica entre as torcidas. Tenho vários amigos botafoguenses, tricolores e vascaínos e sempre fui ao Maracanã com eles. Havia rodadas duplas. Vou aproveitar para mandar uma mensagem para rubro-negros e botafoguenses que mesmo separados nas arquibancadas possam conviver e se encontrarem na entrada e na saída sem hostilidade. Temos que fazer um clássico bonito, que vença o melhor. A gente tinha que enterrar de uma vez esse tipo de ação predatória. O policiamento vai agir da melhor maneira e os dois jogos vão ocorrer em clima de paz.

- Eu não veria problema nenhum (em ver o jogo com o presidente do Botafogo). Não sou a pessoa educada no momento de torcer. Se houver uma compreensão da outra parte a gente pode combinar isso - disse, com bom humor.

Bandeira não detalhou a política de ingressos para o jogo da volta no Maracanã. O Flamengo cobrará R$ 120 ou R$ 150, dependendo da liberação do setor sul para sua torcida.

- Eu prefiro os clássicos com torcida mista, mas o visitante terá 10% da lotação do estádio. O Flamengo adquiriu e repassará para sua torcida no jogo do Engenhão. A do Botafogo na semana que vem vai ficar no setor sul do Maracanã, mas os preços ainda não estão definidos. O importante é que seja tudo em clima de paz.


Marcadores:

Postar um comentário

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget