Jayme terá papel fundamental no Flamengo

Ficará a cargo de Jayme passar todas as informações para o próximo comandante.

Jayme de Almeida no Flamengo - Foto: Gilvan de Souza
GOAL: Com a saída do técnico Zé Ricardo, demitido após o revés para o Vitória por 2 a 0, no último domingo, o comando da equipe Rubro-Negra caiu no colo, mais uma vez, de Jayme de Almeida que terá a responsabilidade de comandar o Flamengo no duelo contra o Palestino, pela Copa Sul-Americana, nesta quarta-feira(9).

Não é a primeira vez que Jayme de Almeida assume a equipe interinamente, isso aconteceu no início da gestão Eduardo Bandeira de Mello, quando Mano Menezes entregou o cargo, em 2013, o ídolo Rubro-Negro foi o responsável por conduzir o time na conquista da Copa do Brasil daquele ano.

Na ocasião, Jayme acabou sendo efetivado e também comandou o time na Copa Libertadores da América do ano seguinte, mas sem sucesso e eliminado na primeira fase acabou sendo demitido de forma até desconfortável pela diretoria do Flamengo.

Tempos depois, com a ajuda de Vanderlei Luxemburgo, Jayme retornou ao Flamengo. Em 2015, o auxiliar técnico virou o "tapa-buraco" do próprio Vanderlei. Jayme comandou o time por um jogo, antes da chegada de Cristovão Borges, contratado para substituir Luxa.

Como um profissional "da casa", Jayme conhece bem o Flamengo, a torcida e o elenco Rubro-Negro, que por sinal tem muito respeito pelo treinador. Durante o Bem Amigos, da última segunda-feira, o capitão Réver fez questão de rasgar elogios ao comandante.

"Jayme é um cara espetacular, que tem uma história muito bacana no Flamengo e conhece tudo ali, então acredito que se o Jayme tomar a frente também tem tudo para dar certo, tem um bom conhecimento, já assumiu o comando como treinador do Flamengo outras vezes. A gente tem que estar preparado para o treinador que vier para poder darmos essa resposta porque a pressão está muito grande por tudo o que o Flamengo investiu".

Apesar do apoio de Réver, Rodrigo Caetano desconversou quando foi questionado se existia a possibilidade de Jayme de Almeida ser efetivado caso os resultados sejam positivos, mas quis deixar claro que o Flamengo não pretende mais trabalhar em cima da rotatividade de treinadores, o que aconteceu durante praticamente toda a gestão Bandeira de Mello.

"Nós não conversamos a respeito disso, conversamos em ele conduzir o time na quarta-feira. Gostaria de fazer um registro, essa rotatividade de técnicos ela teve o seu período dentro do Flamengo mas a própria manutenção do Zé Ricardo que chegou como suposto interino e permanece 15 meses comprova o que a gente pelo menos está tentando fazer".

Independente de quanto tempo terá a frente da equipe interinamente, Jayme conhece o clube, a diretoria, o elenco e as características de cada jogador, será um peça importante na chegada do novo treinador, principalmente se for Reinaldo Rueda, a quem com certeza conhece bem pouco do Flamengo. Ficará a cargo  de Jayme passar todas as informações para o próximo comandante.

Mas enquanto isso, cabe a ele pensar no Flamengo de quarta-feira(9), que num primeiro momento não terá grandes problemas já que tem a classificação para a próxima fase da Copa Sul-Americana bem encaminhada, é só não dar vexame.


Marcadores:

Postar um comentário

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget