Molecada neles

Teve Vaz na lateral e Paquetá “com a camisa 9”. Ambos se saíram bem.

Lucas Paquetá e Vinicius Júnior no Flamengo - Foto: Gilvan de Souza
BOTECO DO FLA: por Mercio Querido

Tudo como tinha que ser. Sem surpresas e com três pontos a mais na tabela. Com direito a diminuir um “bocadito” a distância colossal para o líder Corinthians.

Tudo bem que na primeira etapa ainda rolou aquele pecado mortal de tentar resolver tudo na base do cruzamento e esquecendo completamente que vale gol com chute de fora da área. Mas de qualquer forma a vitória veio, não corremos lá muitos riscos, e de brinde algumas inovações do Rueda que, caso o resultado não fosse o esperado, seriam chamadas de tolas invencionices.

Teve Vaz na lateral e Paquetá “com a camisa 9”. Ambos se saíram bem. Vaz com 25 passes certos, 2 roubadas de bola e 3 cruzamentos, e o menino com excelente movimentação lá na frente, com direito a dar uma ou outra escapada para o setor do campo onde se sente mais a vontade, o que resultou no passe para o segundo gol do Vinícius Jr.

Diga-se de passagem, com os dois gols mostrando bastante talento, velocidade, frieza e precisão, a arcoirizada deve estar arrancando as calças pela cabeça de tanto recalque. Mais ainda o paspalho botafoguense que fez ofensas à família do menino no Engenhão. A imprensa espanhola, como não poderia deixar de ser, deu destaque a mais uma boa atuação do craque merengue.

Fora a atuação da garotada tivemos bola na trave do Arão, boa participação do Diego entrando na segunda etapa e... Perdão aos haters eternos... Excelente passe do Saraújo, além de quase ter aberto o placar na primeira etapa, esbarrando em excelente defesa do goleiro do Atlético.

Do lado de lá... O choque de realidade após a animação com a vitória na primeira rodada do returno contra o Coritiba. O técnico João Paulo Sanches lamentou o fato do time não evitar a origem das jogadas que utilizaram a velocidade do Vinícius na seqûencia. “Pero, como hacer?”. Eu também gostaria de evitar uma série de fatores existentes no mundo... Mas que existem e não há como se lutar contra.

Agora (não que já não fosse assim) é foco total na decisão da próxima quarta. Ver quem dá pra recuperar dos lesionados e botar em condições de jogo e partir pra dentro deles.

Bora torcer.

Isso aqui é Flamengo.


Marcadores:

Postar um comentário

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget