Palestino abre mão de treinar na Ilha do Urubu para aproveitar praia

O jogador fez coro com o comandante e considerou positivo o dia parcialmente de folga antes do difícil duelo contra o Flamengo.

Foto: Divulgação
GLOBO ESPORTE: om uma remota possibilidade de classificação na Copa Sul-Americana após a derrota por 5 a 2 para o Flamengo no jogo de ida, o Palestino usa os poucos dias no Rio de Janeiro para aproveitar a cidade. Nesta terça-feira, dia que faria reconhecimento do gramado na Ilha do Urubu, o clube chileno decidiu dar folga aos jogadores na parte da tarde e à noite por ter sido impedido de usar chuteiras no campo onde acontecerá a partida desta quarta. Com isso, parte do elenco foi à praia, próxima a um hotel na Barra da Tijuca onde a equipe está hospedada, e deu um mergulho no mar.

Segundo o treinador Germán Cavalieri, o Rubro-Negro só autorizou o Palestino a treinar na Ilha do Urubu de tênis, sem chuteiras, para não prejudicar o gramado. Assim, como não poderia fazer uma atividade mais forte, o clube decidiu alugar um campo no Centro de Futebol Zico (CFZ), no Recreio dos Bandeirantes, e fez um treinamento pela manhã desta terça. No entanto, o período de "relaxamento" foi visto com bons olhos pelo comandante.

- Não creio que seja um problema (não treinar na Ilha do Urubu). Seria importante treinar no lugar onde se vai jogar a partida, se nos deixassem fazer o reconhecimento, como é obrigatório... Mas, como não poderíamos usar para o treinamento, cremos que não ajudaria tanto. Acho que os rapazes estão relaxados, puderam ir à praia. Às vezes achamos que essa mentalidade de que estarmos fechados, concentrados, vai nos deixar mais preparados para uma partida (...) Agora, é pensar em fazer um bom papel na Copa Sul-Americana. E, se tivermos que nos despedir do torneio, que seja da melhor maneira. E se tivermos alguma pequena possibilidade, vamos nos agarrar a ela - disse Cavalieri.

Autor do primeiro gol do time chileno no jogo de ida, o jovem Joaquín Romo, de 17 anos, se disse bastante impressionado com as belezas naturais do Rio de Janeiro. O jogador fez coro com o comandante e considerou positivo o dia parcialmente de folga antes do difícil duelo contra o Flamengo.

- A cidade é muito linda, um clima extraordinário, a praia é incrível. Sempre é bom estar relaxado, isso ajuda muito a tentar conseguir o que viemos fazer aqui no Brasil. Sabemos que é muito difícil, o Flamengo é um adversário muito duro. Sabemos da situação que estão passando, mas é muito complicado, têm jogadores de muita qualidade. Mas, viemos fazer o melhor possível - afirmou Romo.

Técnico muda o tom após jogar a toalha

Logo após a derrota por 5 a 2 no Chile, Germán Cavalieri considerou o confronto com o Flamengo liquidado e chegou a afirmar que "não tem como reverter um placar como esse fora de casa diante da qualidade do rival". Apesar de continuar achando que a missão é praticamente impossível para o Palestino, o treinador mudou um pouco o tom e espera que a equipe se agarre à mínima possibilidade de classificação.

- Sabemos que é difícil. Quando acabou a partida (no Chile), essa foi a minha declaração, e pensamos mais ou menos o mesmo. Tivemos que jogar em 15 dias depois do início da pré-temporada, sabíamos que ia ser muito complicado. E lá o resultado não foi o que esperávamos. Viemos aqui para fazer uma boa partida e é futebol. Sabemos que mesmo que haja uma pequena porcentagem, uma pequena possibilidade, vamos tratar de aproveitá-la. Mas, sabemos que é muito difícil.

E como fazer para virar um placar tão elástico? O treinador acredita que somente com uma "partida perfeita" para alcançar um feito tão expressivo diante da força do rival.

- Temos que não cometer erros defensivos e ser muito efetivos quando atacamos, temos que causar danos. Se começamos a chegar (no ataque) e não convertermos em gols, os minutos vão continuar correndo e isso não vai nos beneficiar. E sabemos também o valor que tem o Flamengo no ataque. Então, teríamos que fazer a partida perfeita.

Flamengo e Palestino se enfrentam nesta quarta-feira, às 21h45 (de Brasília) na Ilha do Urubu. A TV Globo transmite a partida ao vivo e o GloboEsporte.com acompanha o duelo em tempo real. Caso confirme o favoritismo, o Rubro-Negro avança para as oitavas de final da Sul-Americana para enfrentar a Chapecoense.


Marcadores:

Postar um comentário

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget