Para seguir embalado Flamengo encara o Furacão na Ilha do Urubu

O lateral-direito Rodinei garantiu que o Rubro-Negro precisa continuar buscando "as cabeças".

Rueda, treinador do Flamengo - Foto: GIlvan de Souza
LANCE: Desde que chegou ao comando do Flamengo, o colombiano Reinaldo Rueda não sabe o que é perder. Após garantir a vaga na decisão da Copa do Brasil de 2017, o Rubro-Negro volta agora suas atenções para o Brasileirão, onde encara o Atlético-PR nesse domingo, às 16h, na Ilha do Urubu.

O Flamengo vai buscar os três pontos para voltar ao G-4 da competição e colar no grupo de cima. Apesar da distância para o Corinthians ser enorme (18 pontos), o lateral-direito Rodinei garantiu que o Rubro-Negro precisa continuar buscando "as cabeças".

- Jogando no Flamengo, que é um dos maiores clubes do Brasil, temos que pensar nas cabeças. A diferença do Corinthians é grande, estamos focados na Copa do Brasil, estamos na final. Agora vamos pensar no Atlético-PR para chegar bem no G-6 e no fim atingir uma meta boa.

Nos primeiros jogos de Rueda sob o comando do Flamengo, ficou claro que a defesa teve uma melhora. Rodinei também falou sobre o maior comprometimento no sistema defensivo, mas lembrando da sua principal arma que é a presença no ataque.

- Para mim é tranquilo. Jogador para estar no Flamengo tem que estar disposto a fazer qualquer coisa. Se for para segurar eu tenho qualidade para isso e para atacar também, estou tranquilo.


Marcadores:

Postar um comentário

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget