Presidente do Flamengo nega que Tannure vetou chegada de Conca

Márcio Tannure teria avaliado em janeiro que o empréstimo de Conca seria um mau negócio para o clube.

Conca, jogador do Flamengo - Foto: Gilvan de Souza
EXTRA GLOBO: Antes do jogo contra o Palestino, nesta quarta-feira, pela Copa Sul-Americana, o presidente do Flamengo, Eduardo Bandeira de Mello, se pronunciou sobre a situação do meia argentino Darío Conca, que não tem sido relacionado para as partidas do Rubro-negro. O EXTRA publicou, também nesta quarta, que o chefe do departamento médico do Flamengo, Márcio Tannure, avaliou em janeiro que o empréstimo de Conca seria um mau negócio para o clube, mas o vice de futebol da época, Flavio Godinho, bancou a contratação. Depois disso, o Fla soltou uma nota oficial se explicando, mas não desmentiu o fato.

“Soltamos a nota, achamos que ela tinha sido explicativa, mas pelo visto foi mais uma vez mal interpretada. Não houve absolutamente veto nenhum. Acho que o departamento médico do Flamengo tem que ser respeitado. Não houve veto, não houve nenhuma recomendação negativa. O nosso chefe do departamento médico esteve em Miami examinando o Conca, o Conca veio, se recuperou e está entregue ao departamento médico há muito tempo. Já fez duas partidas, três ou quatro jogos treino que foram acompanhados por vocês. A presença dele em campo ou não é uma decisão exclusivamente da comissão técnica”, disse Eduardo Bandeira de Mello na Ilha do Urubu.


Marcadores:

Postar um comentário

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget