Quem é Reinaldo Rueda, sonho de consumo da torcida do Flamengo

Rueda, de 60 anos, também é o preferido da diretoria e está sem clube desde o fim de junho, quando se desligou do Atlético Nacional.

Técnico Reinaldo Rueda - Foto: Divulgação
O GLOBO: Acostumada a mostrar força na arquibancada, a torcida do Flamengo tem atuado em outra frente: as redes sociais. Assim como fez para atrair o goleiro Diego Alves, invadiu, na noite de domingo, o perfil do técnico Reinaldo Rueda. O colombiano se tornou o sonho de consumo dos rubro-negros para o lugar de Zé Ricardo, demitido após a derrota por 2 a 0 para o Vitória, na Ilha do Urubu.

Logo após a confirmação da mudança no comando, a hashtag #RuedaNoFlamengo virou unanimidade na conta do treinador do Instagram. Rueda, de 60 anos, também é o preferido da diretoria e está sem clube desde o fim de junho, quando se desligou do Atlético Nacional.

- Considero que cumpri um ciclo exitoso e sempre levarei isso no coração. Agora, a instituição vai respirar novos ares. Eu também vou me oxigenar, só tenho palavras de agradecimento.

O colombiano tem se oxigenado na Europa. Visto como um profissional dedicado e estudioso, Rueda faz um intercâmbio na Alemanha. Ao longo da última semana, publicou nas redes sociais imagens no estádio e no centro de treinamento do Bayern de Munique, onde conversou e conheceu os métodos do técnico Carlo Ancellotti.

Rueda teve sua visibilidade no continente ampliada ao conquistar a Libertadores de 2016 pelo Atlético Nacional. Sua trajetória no clube, aliás, é especialmente vitoriosa. Ao longo de cerca de dois anos, conquistou também dois Campeonatos Colombianos (2015 e 2017), uma Copa da Colômbia (2016), uma Superliga da Colômbia (2016) e a Recopa Sul-Americana (2017). Antes disso, comandou o Cortuluá, o Deportivo Cali e o Independiente Medellín, além das seleções sub-20 e principal da Colômbia. Fora de seu país, classificou Honduras para a Copa de 2010 e o Equador para a de 2014.

O Flamengo não é o primeiro clube brasileiro a se interessar por Rueda. Ele recebeu uma sondagem do Corinthians no início do ano. Apesar de interessado em trabalhar no Brasil, não levou as conversas adiante por questões de saúde. O treinador sofria com dores no quadril e precisou passar por uma cirurgia logo depois. Durante o período de recuperação, orientou à distância sua comissão técnica.

A torcida do Flamengo já definiu seu favorito, mas a diretoria tem um plano B. Trata-se de Jorginho, recém-demitido do Bahia, que não goza do mesmo prestígio com a torcida. Também nas redes sociais, rubro-negros usaram a hashtag #JorginhoNão.

Enquanto a situação não se define, o auxiliar Jayme de Almeida assumirá os trabalhos. A tendência é que ele esteja à beira do campo nesta quarta, quando o Flamengo encara o Palestino, em casa, por uma vaga nas oitavas-de-final da Copa Sul-Americana. O time da Gávea venceu a partida de ida, no Chile, por 5 a 2.



Marcadores:

Postar um comentário

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget