Reforços do Flamengo mantém foco no Brasileirão

A estratégia será utilizar sempre os jogadores com melhor capacidade física, então.

Diego Alves, do Flamengo - Foto: Gilvan de Souza
EXTRA GLOBO: Para os quatro reforços de peso trazidos pelo Flamengo na janela do meio do ano, e, por isso, não inscritos na Copa do Brasil, o Brasileiro vale muito. O goleiro Diego Alves, o zagueiro Rhodolfo, o meia Éverton Ribeiro e o atacante Geuvânio darão o peso necessário ao time no jogo deste domingo contra o Atlético-PR, 16h, na Ilha do Urubu, e no restante do campeonato. Enquanto isso, o técnico Reinaldo Rueda administra o elenco e dá prioridade de uso para as suas estrelas, sobretudo Guerrero e Diego, nas outras competições.

Apesar ter começado a rodada em quinto lugar com 32 pontos, 18 atrás do Corinthians, o líder, a ideia é seguir na cola do G-3, que garante o clube na Libertadores automaticamente. A estratégia será utilizar sempre os jogadores com melhor capacidade física, então. Avaliações antes e depois do jogo serão constantes, mas a prioridade é direcionar quem estiver mais inteiro para os jogos finais da Copa do Brasil e da Sul-Americana.

Na Copa do Brasil, faltam apenas dois jogos. Na Sul-Americana, no qual se classificou para as oitavas de final, contra a Chapecoense, o Flamengo terá oito partidas pela frente caso também chegue na decisão. E na Primeira Liga, são três a partir das quartas de final da próxima semana, diante do Paraná.

No Brasileiro, não entrará em campo nenhum atleta em situação de risco de lesão. Rodinei, de 25 anos, brincou ao dizer que não tem idade para ser poupado, e ilustrou a necessidade de vitórias mesmo com outras prioridades.

— Tem que pensar sempre em estar nas cabeças, mesmo com a diferença grande para o Corinthians. Apesar de estarmos na final da Copa do Brasil, temos que ficar pelo menos no G-6 — disse o jogador.

Com os reforços, time misto

O misto do Flamengo, diante do Atlético-PR, não terá Márcio Araújo, suspenso, e Renê e Réver, recuperando-se de lesão. O técnico Reinaldo Rueda também deve dar descanso a outros jogadores. O peruano Paolo Guerrero, que foi reforço de última hora contra o Botafogo, na semifinal da Copa do Brasil, se recuperou bem e pode até ser utilizado para ganhar mais ritmo de jogo. Caso contrário, Felipe Vizeu é a primeira opção.

Certa é a presença dos reforços que não puderam atuar na Copa do Brasil. Com Diego Alves no gol, Rhodolfo na zaga, Éverton Ribeiro e Geuvânio no ataque, o técnico Reinaldo Rueda ainda pode preservar atletas como Berrío e Éverton, além do próprio Diego. Há também a possibilidade da dupla de volantes titular descansar. Sem Márcio Araújo, os cotados por uma chance nos lugares de Cuéllar e Arão são Rômulo e Ronaldo.

Flamengo: Diego Alves, Rodinei, Rhodolfo, Rafael Vaz e Pará; M. Araújo, Rômulo e Éverton Ribeiro; Geuvânio, Vinicius Júnior e Vizeu. Técnico: Reinaldo Rueda.


Atlético-PR: Weverton, Zé Ivaldo, Wanderson, Thiago Heleno e Fabrício; Pavez, Eduardo Henrique e Guilherme; Sidcley, Nikão e Ribamar. Técnico: Fabiano Soares.

Marcadores:

Postar um comentário

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget