Rueda tenta dar cara ao Flamengo e pode fazer mudanças

O treinador armou a equipe com sua cara na base da conversa após observar o treino desta terça-feira no Ninho do Urubu.

Reinaldo Rueda e Juan no Flamengo - Foto: Gilvan de Souza
EXTRA GLOBO: Reinaldo Rueda terá condições de comandar o Flamengo contra o Botafogo da área técnica, já que até esta quarta-feira sairá a liberação para exercer a função no Brasil. Sem ela, o treinador armou a equipe com sua cara na base da conversa após observar o treino desta terça-feira no Ninho do Urubu.

Na teoria, o projeto de time ideal prevê estilo ofensivo, mas com formações variadas. E como não teve tempo para trabalhar, o novo comandante deve manter a base e aumentar a proteção à defesa, que tem falhado.

A torcida espera que o experiente treinador surpreenda. Nesse cenário, duas preferências do técnico são possibilidades para o confronto decisivo da semifinal da Copa do Brasil. A primeira é a utilização de um volante mais fixo, que proteja a defesa, e que tenha bom passe.

Quem larga na frente é Cuéllar. A presença de Márcio Araújo é incerta. O terceiro homem para jogar próximo à Diego poderia ser Arão ou até Mancuello, que atuaria em sua posição de origem.

No ataque, como não terá Éverton Ribeiro e Geuvânio, que não estão inscritos, além de Guerrero, lesionado, Rueda tem a opção de formar dupla com Berrío e Éverton, com o colombiano no lugar de Felipe Vizeu. Outras mudanças seriam a saída de Trauco para a entrada de Renê, que marca melhor. Pará deve ser mantido.

Diego, de volta, falou de Rueda em seu primeiro contato.

— Chega com bagagem, experiência para encarar esse desafio. Fizemos um treino de altíssimo nível e chegamos prontos para fazer um grande jogo — declarou.

A formação da Copa do Brasil deverá ser outra em seguida, no Brasileiro e na Sul-Americana. Com os reforços não inscritos à disposição, Rueda pode mudar Éverton Ribeiro de lado, apostando em subida de produção pela esquerda, com Diego centralizado.

Com Berrío do lado direito, sobraria para Éverton, taticamente um dos jogadores mais elogiados, o banco de reservas. Até segunda ordem. Porque no time de Rueda, reza a lenda, joga quem está melhor, não quem tem nome. Então, só os treinos vão apontar a direção que o treinador seguirá.

Diego diz que volta em alto nível

Sem as demais estrelas como Guerrero e Éverton Ribeiro, Diego é novamente o protagonista no Flamengo. O jogador foi poupado de algumas partidas e volta com a parte física em dia para o duelo decisivo com o Botafogo.

— Jogador com qualquer problema físico jamais atingiria o nível físico que atinjo a cada partida. Problema físico nunca existiu no meu caso. Chego muito bem para esse jogo, essa pausa foi muito boa — disse o meia.

Diego fez treinos em período integral e conseguiu evitar novas lesões. Já Guerrero não se recuperou a tempo e está fora da partida. Diego admitiu que teve uma queda de rendimento e pediu que o rodízio continue no clube.

— Dentro de um elenco qualificado que temos, não tem que ser mais surpresa quando existir rotatividade. É necessário e muito importante — admitiu.

Marcadores:

Postar um comentário

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget