Sem Libertadores, orçamento do Flamengo perdeu R$ 18,9 milhões

A saída precoce marcou o início do desgaste entre Zé Ricardo, técnico demitido na noite deste domingo, e a torcida do Flamengo.

Torcida do Flamengo - Foto: Alexandre Loureiro/Getty Images
GLOBO ESPORTE: No fim de 2016, quando votou seu orçamento inicial, o Flamengo previa que estaria disputando a Libertadores somente até julho - uma projeção moderada - e que até então já teria arrecadado R$ 15,4 milhões com direitos de transmissão e prêmios, além de R$ 19 milhões com bilheteria. Mas o resultado real nem chegou perto de atingir o que foi calculado. Com a eliminação ainda na fase de grupos, os números corrigidos foram de R$ 5,5 milhões em direitos de transmissão e prêmios e R$ 10 milhões em bilheteria. Uma diferença, portanto, de R$ 18,9 milhões entre o planejado e o realizado.

A saída precoce marcou o início do desgaste entre Zé Ricardo, técnico demitido na noite deste domingo, e a torcida do Flamengo. Nas versões mais recentes de orçamento, o Flamengo já inclui os cerca de R$ 26 milhões que receberá da RJZ Cyrella pela venda da sede no Morro da Viúva. Nessa operação, o clube manteve 30% do imóvel e promete aplicar o valor na ampliação do Ninho do Urubu, o seu centro de treinamento.


Marcadores:

Postar um comentário

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget