Vinicius Júnior é torcedor de arquibancada do Flamengo

Rafael Gonçalves, que treinou Vinicius no sub-11 e o acompanhou em outras categorias no futsal do Canto do Rio, é o autor das imagens.

Foto: Reprodução
GLOBO ESPORTE: Camisa 10 às costas. Fôlego não para chutar, mas para encher bola. Gritos e festa. Não é o jogador, mas sim o torcedor. Antes de ser negociado por R$ 146 milhões para o Real Madrid (de acordo com a cotação e valor divulgado pelo clube do Rio de Janeiro), Vinicius Junior – como tantos outros meninos da sua idade – frequentou as arquibancadas do Maracanã e Nilton Santos para torcer para o time de coração, o Flamengo.

- Íamos eu, meu pai, meu tio, meus primos...todo mundo. Só curtia na arquibancada, não assistia a jogo em casa, não (risos) - recordou Vinicius ao GloboEsporte.com, enquanto assistia às imagens.

Ele cresceu. Hoje, com 17 anos, espera o futuro madridista e curte o presente. Na quarta-feira, o atacante fez seu primeiro gol como profissional ao marcar um dos gols da goleada do Flamengo por 5 a 0 sobre o Palestino.

O pequeno torcedor

No dia 6 de novembro de 2011, lá foi ele ao estádio até então chamado de Engenhão assistir a Flamengo x Cruzeiro pelo Brasileiro. Mostrou fôlego com a bola – de encher; cantou, bateu palmas e esticou o pescoço para conferir o desfile de bandeiras.

Saiu feliz com a vitória por 5 a 1, com três gols de Thiago Neves e dois de Deivid.

Rafael Gonçalves, que treinou Vinicius no sub-11 e o acompanhou em outras categorias no futsal do Canto do Rio, é o autor das imagens.

- Não ia ao estádio desde 2009, então comecei a fazer uns vídeos. Eu nem estava junto com Vinicius, que conheço desde os sete anos. Mas foi totalmente por acaso ele aparecer nas imagens. O pai do Vinicius mostrou para ele. Pensei que nem lembrava. Lembra de tudo. E achou 'top' - revela Rafael.

Habilidade de berço, primeiro gol e hora do filé

Antes de entrar em campo contra o Palestino, Vinicius Junior atuou em 14 partidas como profissional. Foram 384 minutos sem gol. Na quarta-feira, porém, ele precisou de apenas um minuto na Ilha do Urubu para desencantar, definir o placar de 5 a 0 e levar o torcedor ao delírio.

Além de torcedor e agora jogador famoso, Vinicius é habilidoso desde moleque. Imagens de arquivo pessoal mostram Vinicius ensaiando dribles no quintal de casa. Ao fundo, latidos de cachorro.

E depois de roer o osso, a hora do filé: Vinicius comemorou seu primeiro gol com familiares e amigos no badalado restaurante Paris 6, na zona oeste do Rio já na madrugada de quinta.

Marcadores:

Postar um comentário

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget