"Zé tem um futuro brilhante pela frente", diz capitão do Flamengo

O zagueiro Réver lamentou a saída de Zé Ricardo e afirmou que o técnico terá um futuro brilhante pela frente.

Foto: Reprodução SporTV
SPORTV: Depois da derrota para o Vitória por 2 a 0, no domingo, o técnico Zé Ricardo deixou o comando do Flamengo. O treinador já estava à frente da equipe rubro-negra há um ano e dois meses. Convidado do "Bem, Amigos!" nesta segunda, o zagueiro Réver lamentou a saída de Zé Ricardo e afirmou que o técnico terá um futuro brilhante pela frente.

- Eu particularmente fiquei muito triste, pela situação que aconteceu. A gente sabe que o futebol é dessa maneira. A partir do momento em que você não tem alguns resultados positivos, o primeiro nome, a primeira cabeça é sempre do treinador. É claro que o grupo não esperava isso, mas a gente sabe que o Zé tem um futuro brilhante pela frente. Eu conversei com ele por telefone e acabei dizendo isso para ele. Não foi um ponto final na carreira do Zé, foi apenas uma vírgula, pelo potencial que ele tem. Os números que ele teve no Flamengo são absurdos, coisa que dificilmente você encontra em um time de ponta, e com um treinador tão "inexperiente", como colocaram o Zé Ricardo - disse Réver.

O zagueiro afirmou que o Flamengo estava bem treinado e que tem feito bons jogos, apesar de não conseguir a vitória. O jogador citou os empates com Corinthians e Palmeiras, além da derrota para o Grêmio como exemplos de jogos que o Rubro-Negro teve oportunidades, mas não "matou" o adversário.

- O treinador não tem a culpa sozinho, nós temos a nossa parcela pelo desempenho nas partidas. Nós sabemos que grandes jogos, grandes contratações não adiantam. Papel não ganha jogo. A gente tem feito grandes jogos, contra o Corinthians, o Palmeiras, o Grêmio. O time vem jogando bem, não é um time mal treinado, muito pelo contrário. E o time vem respondendo. Nós temos muitas oportunidades, mas não estamos conseguindo matar o jogo. Esse é o ponto crucial, a nossa irregularidade no Campeonato Brasileiro.

Réver reconhece que, com as contratações, o Flamengo deveria estar em uma posição melhor no Brasileiro. Mas lembrou que o Rubro-Negro ainda está na semifinal da Copa do Brasil e está vivo na Copa Sul-Americana.

- O Flamengo, com toda a estrutura que tem, contratações que foram feitas gera uma atmosfera em que o Flamengo poderia estar melhor. Hoje, somos o quinto colocado. Três ou quatro anos atrás, o Flamengo estava brigando contra o rebaixamento. Com o investimento, hoje está em quinto. Tem chance matematicamente. Sabemos que é difícil, mas temos chance. Estamos na semifinal da Copa do Brasil e temos a Sul-Americana pela frente. A gente não pode achar que está tudo errado, abaixar a cabeça e jogar a toalha. A gente vai brigar por títulos ainda.

Zé Ricardo assumiu o Flamengo em maio de 2016, logo após a saída de Muricy Ramalho. O ex-técnico do Rubro-Negro hoje é comentarista do SporTV. O ex-treinador disse que Zé Ricardo não conseguia mais passar seus conhecimentos para os jogadores e, por isso, era a hora de sair.

- Eu conheço o Zé, conversei com ele. Além de ser um grande caráter, é um bom técnico. Mas chega um momento em que o técnico não consegue mais. Chega um momento em que a gente não consegue mais passar o que a gente pensa. Aí o técnico sabe que chegou a hora de sair.

Zé Ricardo ficou 432 dias à frente do Rubro-Negro, com 47 vitórias, 25 empates e 17 derrotas. Seu aproveitamento foi de 62,2% e um título, o Carioca de 2017. No Brasileirão, o Flamengo ocupa a quinta posição, com 29 pontos, mas não vence há três rodadas.



Marcadores:

Postar um comentário

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget