Flamengo celebra custo de terreno e minimiza questão de segurança

O Flamengo conseguiu arrematar por valor bem abaixo dos concorrentes em outras regiões da cidade.

Terreno de estádio do Flamengo na Zona Norte - Foto: Reprodução
EXTRA GLOBO: O Flamengo deu passo decisivo para ter um estádio próprio para 50 mil pessoas. Com o Maracanã sem solução e alto custo, o clube comprou um terreno na Avenida Brasil, entre Benfica e Manguinhos, com 160 mil metros quadrados, e nos próximos quatro meses fará estudos detalhados de viabilidade.

Se tudo der certo, dará seguimento à empreitada. O loca l é a 14 minutos da sede da Gávea e próximo à rodoviária e estações de trem e BRT. O ponto fundamental para o desfecho na escolha do local foi o valor do terreno.

Em área desvalorizada pelo mercado imobiliário, o Flamengo conseguiu arrematar por valor bem abaixo dos concorrentes em outras regiões da cidade.

O ponto negativo pode ser a questão de segurança. A área é próxima a locais considerados violentos. Mas os dirigentes minimizam o fato e alegam que as demais opções e até os estádios cariocas já em uso também o são.

A diretoria pretende fazer um estudo de solo e quer construir um estacionamento horizontal no estádio, que fica na área da refinaria de Manguinhos. O trabalho é capitaneado pelo vice de patrimônio Alexandre Wrobel, que também é responsável pelas obras do Centro de Treinamento Ninho do Urubu. O presidente Eduardo Bandeira de Mello vi brou:

— É um terreno de 160 mil metros quadrados, no início da Av. Brasil, muito bem localizado e a partir de agora, com a assinatura dessa opção de compra, nós vamos poder fazer todos os estudos - disse Bandeira.


Postar um comentário

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget