Flamengo inicia decisão com goleiros sob desconfiança e psicólogo

A favor de Alex, 27 anos, conta a experiência e a sequência recente de jogos. Além do forte apoio do elenco rubro-negro.

Goleiro Thiago do Flamengo - Foto: Gilvan de Souza
EXTRA GLOBO: A dúvida sobre com que goleiro o Flamengo começa a disputar a final da Copa do Brasil, hoje, 21h45, no Maracanã, mobilizou a torcida e a comissão técnica ao longo da semana. O técnico Reinaldo Rueda observou Alex Roberto e o jovem Thiago nos treinamentos e tentará ser racional para escolher quem enfrenta o Cruzeiro. A questão é que qualquer opção não será unanimidade. Isso reflete a principal dificuldade do clube na temporada. A chegada de Diego Alves depois do prazo de inscrição de nada adianta.

A favor de Alex, 27 anos, conta a experiência e a sequência recente de jogos. Além do forte apoio do elenco rubro-negro. O jogador voltou a ser titular no segundo jogo das quartas de final da competição, contra o Santos, e foi mantido diante do Botafogo, na semifinal, quando se mostrou seguro debaixo da trave, mas acabou expulso. Além da má fase, provada na última falha na Primeira Liga, está o ritmo de jogo longe do ideal. Em três meses, Muralha jogou apenas quatro partidas. E não reconquistou a confiança do torcedor. Rueda admite que isso pode pesar na decisão.

— Sem dúvida, sim, não é uma decisão fácil. Tem a questão sociológica frente à torcida, a parte psicológica para com o grupo, especialmente Muralha, mas buscamos analisar o melhor para a equipe. Falamos com eles no campo, o psicólogo trabalhou com os goleiros também, além do professor Vitor Hugo. Esperamos um bom comportamento — comentou o técnico.

Rueda não confirmou o escolhido no gol. A tendência, porém, é que Alex seja mantido depois de voltar à equipe nas fases anteriores. Segundo o técnico, o jogador foi cobrado a assumir sua responsabilidade.

— É um jogador maduro, inteligente, equilibrado. Ele precisa assumir sua responsabilidade diante da equipe. O grupo tem sido solidário, ele tem o respaldo de todos. Tem trabalho bem, não perdeu a alegria — disse.

Já Thiago, 20 anos, que foi bem no segundo jogo da semifinal com o Botafogo, mas depois voltou para o banco, teria menos peso. Mas não vem jogando. Depois das cobranças da torcida, Rueda indicou que é preciso pensar para o time. Nesse sentido, pediu aos atletas que ignorem o extracampo caso haja vaias devido a escolha do goleiro.

— É a situação de todos os times grandes. Corresponder ao que exige o torcedor. Que é paixão, emoção. O jogador precisa se blindar. Que essa energia e estímulo seja a nossos favor. Falar é muito fácil. No campo é preciso controlar a emoção. Jogar para o torcedor, mas jogar para o negócio, que são os tês pontos — ensinou.

Com ou sem centroavante

A escolha no gol é a mais difícil, mas não a única. Sem Paolo Guerrero, suspenso, e Vizeu, machucado, o Flamengo vai atuar sem centroavante de ofício. E pode de fato abrir mão de uma peça na posição. As opções testadas foram Berrío e Lucas Paquetá. A outra foi com Vinícius Júnior ao lado do colombiano, com Diego e Éverton chegando de trás e entrando na área. Depois de ajustar a defesa, o técnico Reinaldo Rueda tenta inovar na forma do time atacar.

A dependência de Guerrero para a fluidez do jogo é óvia. Berrío, pelo porte, poderia fazer a função, mas o time perderia sua velocidade e sua recomposição. Recuar Éverton e dar liberdade a Vinícius Júnior é a opção que ganha força. Sobretudo porque Diego também ganha liberdade. Se optar por Paquetá no comando do ataque, a estrutura do time se mantém, com Berrío e Éverton nos corredores, e Diego centralizado. O colombiano como “falso nove”, como jogou com Rueda no Atlético Nacional (COL) daria a agressividade desejada. Tudo indica que o Flamengo vai começar de um jeito e pode terminar de outro.

— Trabalhamos as duas possibilidades. Jogar sem centroavante ou com centroavante. Do ponto de vista estratégico estamos preparados para as duas situações. Tudo depende como se interpreta o jogo, como o rival reage — destacou Rueda. A ideia é garantir boa vantagem para o jogo de volta no próximo dia 27, em Belo Horizonte.


Marcadores:

Postar um comentário

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget