Lucas Paquetá deve substituir Guerrero contra a Ponte Preta

Após a decepção com a perda da Copa do Brasil nos pênaltis, os jogadores se reapresentaram nesta sexta-feira sem problemas físicos.

Paquetá e Diego no Flamengo - Foto: Gilvan de Souza
GLOBO ESPORTE: Sai Alex Muralha, entra Diego Alves. Berrío, suspenso, dá vaga a Éverton Ribeiro. Trauco, Cuéllar e Guerrero, todos fora para defesa de suas seleções, dão lugar a Renê, Márcio Araújo e Lucas Paquetá, respectivamente. A ideia de Rueda é esta para a partida em Campinas. A missão contra a Ponte Preta é voltar com mais três pontos para retornar à disputa das primeiras posições do Brasileiro.

O time provável é: Diego Alves, Pará, Réver, Juan e Renê; Márcio Araújo, Willian Arão e Diego; Everton, Éverton Ribeiro e Lucas Paquetá. Sem surpresas.

Após a decepção com a perda da Copa do Brasil nos pênaltis, os jogadores se reapresentaram nesta sexta-feira sem problemas físicos. O desgaste foi medido na primeira atividade, mas será feita reavaliação de todo o grupo antes de Rueda fechar a lista dos relacionados para a partida contra a Ponte, na próxima segunda-feira.

Apesar do primeiro contato ter sido positivo - sem nenhum jogador acusar dores que preocupassem a comissão técnica -, os jogadores seguem em observação pois ainda podem apresentar maior desgaste até 48h depois da partida.

Mais espaço para Vinicius Junior

Rueda começa a definir contra a Ponte o seu Flamengo ideal. A suspensão de Berrío e o afastamento dos convocados adia algumas disputas por posição. O ponta direita colombiano é um dos preferidos do treinador, mas joga na posição de Éverton Ribeiro. Eventualmente, como o técnico já fez, Éverton pode ser deslocado para o meio de campo, na função de Diego.

Fora da seleção sub-17 por pedido do Flamengo - com direito a atrito junto à CBF -, Vinicius Junior, que ficou no banco até o final do jogo contra o Cruzeiro - mesmo com Rueda ainda tendo uma substituição a fazer, é outra alternativa para o lado esquerdo. Everton saiu na partida do Mineirão por cansaço, mas se reapresentou sem queixas.

Com 25 jogos e três gols, Vinicius superou a frustração com a derrota na final e a desconvocação da seleção brasileira. Rueda quer observá-lo para dar mais chances à jovem promessa do Flamengo.


Marcadores:

Postar um comentário

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget