Rueda cita fator psicológico e prega trabalho ao Flamengo

Alex Muralha vive um péssimo momento no clube, por esse motivo, Rueda afirma que que a decisão passa por diversos fatores.

Reinaldo Rueda, técnico do Flamengo - Foto: Gilvan de Souza
SUPER ESPORTES: O Flamengo encerrou a sua preparação visando a decisão da Copa do Brasil diante do Cruzeiro, marcada para às 21h45 (de Brasília) da próxima quinta-feira. O último trabalho antes da final foi realizado nesta quarta-feira com os portões fechados à imprensa. Nesta atividade, o técnico Rueda realizou os últimos testes da equipe titular do Rubro-Negro, que possui problemas com o goleiro e no setor ofensivo.

No gol, o treinador não pode contar com o goleiro Diego Alves, contratado após o período de inscrição na competição. Por isso, a dúvida fica em torno de Alex Muralha e Thiago. Titular no ano passado, Alex Muralha vive um péssimo momento no clube, por esse motivo, Rueda afirma que que a decisão passa por diversos fatores.

“É uma decisão que atende vários pontos, sociológicos, psicológicos, da torcida. Por isso, temos de fazer uma análise buscando o melhor para a equipe. A situação não é fácil. Nosso psicólogo está trabalhando com os goleiros”, explicou o treinador.

Já no setor ofensivo, o técnico lamenta não poder contar com Paolo Guerrerro, suspenso por cartões amarelos, e Felipe Vizeu, vetado por uma contusão no joelho esquerdo. Com estas ausências, Rueda prepara a equipe com duas possibilidades distintas.

”Temos trabalhado duas possibilidades. Jogar sem centroavante e com centroavante. Estamos preparados para fazer as duas situações. Depende de como vamos interpretar o jogo, mas estamos trabalhando as duas possibilidades”, revelou.

Além de comentar sobre a sua provável escalação, Rueda não mediu as palavras na hora de destacar as qualidades do rival Cruzeiro.

“O Cruzeiro tem um grupo muito bem estruturado. Todos conhecemos a trajetória do professor Mano Menezes, por tudo o que já percorreu. É um time que quer jogar o futebol sempre, com ordem. Sabe sair jogando, é muito agressiva. É uma equipe com muita disposição. Tem um jogo muito compacto”, opinou.

A primeira partida da final da Copa do Brasil ocorre às 21h45 do dia 7 de setembro, no estádio do Maracanã, localizado no Rio de Janeiro. A partida de volta, está marcada para o dia 27 deste mês, no estádio do Mineirão, em Belo Horizonte.


Marcadores:

Postar um comentário

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget