Edmundo diz que Flamengo não jogou nada e culpa Rueda

'Ele tem razão, mas a culpa é dele porque o time não jogou nada', Edmundo responde técnico do Flamengo e cita Muralha.


UOL ESPORTE VÊ TV: Em coletiva nesta sexta-feira (29), o treinador do Flamengo, Reinaldo Rueda, reclamou das análises da imprensa brasileira sobre a final da Copa do Brasil, dizendo ver com tristeza que tenha sido centradas no goleiro Alex Muralha e no meia Diego e não no jogo como um todo. Edmundo não gostou e disparou contra o profissional colombiano no início da noite durante o programa “Expediente Futebol”, do canal FOX Sports.

“Ele tem razão, mas a culpa é dele. Sabe por quê? Porque o time dele não jogou nada, o time dele não existiu e se o time dele não existiu, o resumo de tudo foi que o goleiro caiu só para um lado e que o camisa 10, cérebro do time, perdeu o pênalti. Se resumiu a isso, doutor Rueda, a quem respeito, porque o seu time não existiu”, detonou.

E, indignado, acrescentou: “Comparar o futuro do futebol brasileiro? A preocupação tinha que ser com a Colômbia, que nunca ganhou nada, nós aqui somos pentacampeões”, gabou-se.

“O jogo foi ruim e foi decidido em duas situações que a gente abordou. Acho que falta ele (Rueda) assumir que precisa fazer os jogadores dele render mais”, insistiu Edmundo.

“O Diego, por exemplo, não foi contratado para disputa de pênalti, então não culpo ele por ter perdido. Eu culpo – a palavra não é culpa, não estou aqui para culpar, julgar ninguém -, eu digo que ele foi contratado para performar, para fazer o time do Flamengo jogar, para ser o camisa 10 que o Flamengo precisava e nesse sentido ele é um personagem do jogo, porque não cumpriu a função dele. Outros jogadores: Berrío e Éverton têm uma obrigação maior de acompanhar, marcar o lateral, de ajudar na marcação, muito mais do que criar lá na frente, driblar, de fazer uma jogada de efeito como o Berrío fez contra o Botafogo. Então, senhor Rueda, isso passa pelo senhor, também. Eu analiso, dou a minha opinião pelo que eu vejo. Como eu, confesso, estava no sofá da minha casa, disperso, não vi futebol, o que me marcou foi uma estratégia do goleiro de cair só para um lado e o seu camisa 10 que perdeu o pênalti”, afirmou o ex-jogador comentarista.


Marcadores:

Postar um comentário

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget