Aproveitamento do Flamengo na Ilha é superior ao do líder em casa

Em 11 partidas na nova arena, o Flamengo venceu sete, empatou duas e só perdeu duas vezes.

Diego, do Flamengo, em jogo na Ilha do Urubu - Foto: Gilvan de Souza
ESPN: Apontado como um dos principais candidatos ao título antes do início do Campeonato Brasileiro, o Flamengo é hoje apenas o sétimo colocado na classificação. Mas, se a campanha não empolga, a culpa definitivamente não é da Ilha do Urubu, palco do duelo desta quinta-feira, contra o Bahia.

No estádio, adotado a partir da sétima rodada na Série A, o aproveitamento rubro-negro é de 69%, superior até ao do líder Corinthians (que tem 67,8%) – no geral, o desempenho rubro-negro é de 51,2%.

Em 11 partidas na nova arena, o Flamengo venceu sete, empatou duas e só perdeu duas vezes. Desempenho bem superior ao que teve, por exemplo, no Maracanã, onde, em três jogos, teve três igualdades (33,3% de aproveitamento); ou em todos os demais estádios que já atuou – quatro triunfos, cinco reveses e cinco empates, com 40,4% dos pontos possíveis.

Já fora de campo, a Ilha não tem mais ajudado tanto o clube quanto nos momento em que a torcida ainda se mostrava mais empolgada com o time. Em relação às rendas, o estádio que já chegou a colocar, de forma líquida, R$ 516,3 mil nos cofres rubro-negros contra o São Paulo, na 11ª rodada, amargou prejuízo em seus últimos três jogos (Atlético-PR, Sport e Avaí).

No total, os compromissos na Ilha renderam R$ 2,24 milhões, líquidos, ao Flamengo, uma média de R$ 204,3 mil por jogo. No Maracanã, por exemplo, o último duelo contra o Fluminense, com mando rubro-negro, rendeu apenas R$ 10,9 mil à equipe.

Entre a partida contra o São Paulo até a 16ª rodadas, nas quais o Flamengo ainda estava entre as primeiras posições da classificação, as rendas líquidas no estádio não ficaram abaixo de R$ 200 mil nenhuma vez – R$ 483,5 mil na derrota para o Grêmio (0 x 1), R$ 321,7 mil no empate com o Palmeiras (2 x 2) e R$ 208,3 mil na vitória sobre o Coritiba (2 x 1).

Já nas últimas três vezes que atuou na Ilha, sempre com públicos inferiores a 10 mil torcedores, o Flamengo pagou para jogar: prejuízo de R$ 20,9 mil e R$ 118,9 mil nas vitórias por 2 a 0 sobre Atlético-PR e Sport, respectivamente; e de 79,7 no empate de 1 a 1 com o Avaí.

O Flamengo enfrenta o Bahia na Ilha do Urubu nesta quinta-feira às 21h (horário de Brasília), em partida válida pela 29ª rodada do Campeonato Brasileiro. O ESPN.com.br acompanha tudo em tempo real.


Marcadores:

Postar um comentário

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget