As tretas de sábado a noite

Não é porque serve pro Real Madrid que vai servir pro Flamengo.

Foto: Paulo Fernandes
BOTECO DO FLA: por Mercio Querido

Dia do Clássico dos Milhões, ainda que a cifra agora seja pronunciada mais de forma simbólica que por motivos práticos. A não ser, é claro, se pensarmos nos milhões de reais desperdiçados nos cinco confrontos (contando com o de hoje) nessa temporada. Dinheiro que escorreu pelos dedos por vários motivos que por si só já dariam outro texto.

O Clássico ganha um ar decisivo um tanto quanto pálido de acordo com as expectativas iniciais de 2017. Todo mundo apostava em um Vasco na luta contra o rebaixamento e um Flamengo disputando as primeiras posições e brigando pelo título até o final. Nem tão ruim do lado de lá, nem tão bom do lado de cá. A briga é por uma vaga em um G qualquer que garanta participação na Libertadores 2018.

Flamengo e Vasco é um prato saboroso do Planeta Bola. Fora os exageros euriquianos de dar status de campeonato pra toda e qualquer partida envolvendo as equipes, tem mesmo um clima especial. Não bastasse a rivalidade por si só, o de hoje tem um “tômpero” especial que há de garantir uma madrugada inteira de tretas & brigas & desaforos nas redes sociais do lado de cá, mormente no Twitter, uma espécie de “Noite de Crime” eterna no universo cibernético.

Zé Ricardo do lado de lá e, com a suspensão do Cuéllar, PROVAVELMENTE Márcio Araújo do lado de cá. Não dá pra afirmar com 100% de certeza nossa escalação porque... Bem... Vocês sabem...

Fora de campo tem tribo de tudo quanto é tipo para garantir uma longa noite de confusão nas redes. Viúvas do Zé, Haters do Zé, Defensores do Rueda, Crítícos do Rueda e mais algumas variações. Bora partir para as quatro linhas.

O Flamengo segue sem Guerrero, perdeu Réver por um mês e tem Cuéllar suspenso. Com as prováveis entradas de Paquetá, Rhodolfo e Saraujão da Massa, no cômputo geral, como era de se esperar, perde mais do que ganha. Como tem o jogo de volta contra o fluminenCe na quarta e o Rueda desconversou na entrevista, absolutamente qualquer outra alteração menos previsível pode ocorrer. Bem... Quase toda... Aparentemente dá pra ter certeza de que Vinícius Jr ou não entra ou participa pouco do Clássico. Não é porque serve pro Real Madrid que vai servir pro Flamengo.

Do lado de lá... Do lado de lá... Além do conhecimento que o ZR tem pelo longo tempo que passou por aqui, temos: Paulão no lugar do Breno na zaga, um time mais leve após tirar das costas o peso da briga pra fugir do Z4, e um desempenho recente bastante significativo. Já são seis partidas sem derrota (3V 3E), tendo a última sido fora de casa para o vacilante líder Corinthians. Ainda assim apenas por um gol feito com a mão.

O conhecimento prévio não há de ser nada. Nossos jogadores também conhecem o estilo do ZR e já devem ter dado a planta para o Rueda. Fora o fato de que o colombiano e sua comissão técnica parecem estar sempre por dentro das características dos oponentes.

Bora bater naquela teclinha chata outra vez? Basta JOGAR BOLA que há uma grande possibilidade dessa importante vitória pintar. Além de distanciar do próprio Vasco, na frente imediata podemos observar Cruzeiro e Botafogo em jogos fora que podem ser bem complicados contra Palmeiras e Galo respectivamente. Ok... Forcei... o Independência tá meio Casa da Mãe Joana esse ano. Mas ainda assim confiamos no Galo Forte Vingador. Eh, eh, eh...

Nosso último Clássico da temporada pelo Brasileirão. Apesar do ano irregular e frustrante, nosso desempenho contra os eternos candidatos a maior rival aqui do Rio é excelente, como não poderia deixar de ser, dado o abismo administrativo que cada vez se alarga mais entre o Flamengo e o resto.

Bora torcer.

Isso aqui é Flamengo


Marcadores:

Postar um comentário

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget