Caio não vê prioridade no Flamengo para enfrentar o Vasco

Segundo o comentarista, o "poder de concentração" de um jogador é maior em um jogo eliminatório do que em um campeonato de pontos corridos.

Foto: Reprodução
SPORTV: O clássico entre Flamengo e Vasco no próximo sábado, dia 28, pode não ter um nível de concentração pleno no lado flamenguista, é o que diz o ex-jogador Caio Ribeiro. Isso porque na quarta-feira seguinte o Rubro-Negro terá o jogo de volta pelas quartas de final da Sul-Americana contra Fluminense. Segundo o comentarista, o "poder de concentração" de um jogador é maior em um jogo eliminatório do que em um campeonato de pontos corridos.

- Você tem um jogo importante na quarta-feira (contra o Fluminense). E um clássico diante do Vasco, talvez o maior rival do Flamengo, mas que só significa uma posição na tabela. Você tem mais sete jogos depois para recuperar essa posição. O jogo do Fluminense serão 90 minutos que você está dentro ou você está fora. É natural que o jogador tenha um poder de concentração maior para o jogo que te tira de uma competição do que para um jogo de pontos corridos. Isso não significa que não vá se concentrar para o jogo do Vasco - disse, em participação no "Seleção SporTV".

Ao ser questionado se seria possível manter um alto nível de concentração em todas as partidas nesta reta final de temporada, Caio foi sucinto: "Não é impossível". Mas deu como exemplo a partida entre Cruzeiro, campeão da Copa do Brasil e classificado para a Libertadores de 2018, e Palmeiras - que ainda briga pelo título do Brasileirão - na próxima segunda-feira, pela 31ª rodada do Brasileirão.

- Não é impossível. Aliás, deveria ser uma obrigação. O que eu quero dizer é que não é tão simples assim. Por exemplo, o Cruzeiro vai jogar um jogo sério contra o Palmeiras. Agora, mesmo com o máximo de seriedade que o Cruzeiro levar o jogo contra o Palmeiras, já entrou em um nível de relaxamento que você não vai ter um mesmo nível de performance. Se o Palmeiras jogar um grande jogo, ele ganha do Cruzeiro. Na Copa do Brasil, o grande jogo do Palmeiras não foi o suficiente - afirmou.

Para o jornalista Mauro Naves, o treinador Rueda não cometerá um erro se poupar os jogadores para a partida contra o Vasco, visando ao confronto com o Fluminense.

- Eu acho que quando contrataram o Rueda ninguém disse para ele que tinha que terminar o campeonato na frente de Vasco, Fluminense e Botafogo. Por mais que seja interessante, que o torcedor cobre. Disseram assim: "Estamos te contratando para, se possível, ganhar um título internacional e, se possível, o Campeonato Brasileiro". Diante do jogo de quarta-feira que vem, eu acho que ele tem todo direito de poupar. E vai fazer isso - disse.


Marcadores:

Postar um comentário

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget