Com latas em estoque, Carabao sofre para distribuir energético

O Flamengo não participa da distribuição do produto e apenas recebe os resultados de vendas.

Carabao quer entrar no mercado brasileiro - Foto: Divulgação
EXTRA GLOBO: A dificuldade da Carabao em repassar os valores previstos em contrato de patrocínio ao Flamengo, revelados nesta quinta-feira pelo site "Globoesporte.com", tem tudo a ver com os problemas de distribuição da empresa.

Há, inclusive, relatos no clube de que milhares de caixas do energético estão estocadas na região portuária do Rio prestes a vencer, e sem prazo para ser transportadas aos pontos de consumo.

A empresa que opera a logística de vendas é a Souza Cruz, que não faz a distribuição em estabelecimentos do varejo, como supermercados, apenas em bancas de jornal e bares. O Flamengo não participa da distribuição do produto e apenas recebe os resultados de vendas.

A Carabao foi procurada para se posicionar sobre os problemas de distribuição, mas não retornou os contatos até a publicação da reportagem.

O clube acompanha a logística com ressalvas, já que para a manutenção do patrocinador é necessário que sejam atingidas metas de vendas de energético, como mostrado no começo do ano pelo jornal "EXTRA". Se não atingir, a parceria dos tailandeses pode ser interrompida sem multa ao clube.

Nesta quinta-feira, o "Globoesporte.com" publicou que a Carabao deixou de repassar verba de patrocínio ao Flamengo e isso afetou direitos de imagem do futebol. A reportagem confirmou a informação.


Marcadores:

Postar um comentário

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget