Cruzeiro pode perder 10 mandos por pedrada em médico do Flamengo

Márcio Tannure, médico do Rubro-Negro Carioca, foi atingido por um instrumento não identificado na ocasião.

Márcio Tannure, médico do Flamengo - Foto: Fred Gomes
UOL: A Terceira Comissão Disciplinar do Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) julgará o Cruzeiro por um incidente ocorrido na final da Copa do Brasil. Os mineiros podem perder até 10 mandos de campo por um arremesso de objeto ao término do jogo contra o Flamengo.

Márcio Tannure, médico do Rubro-Negro Carioca, foi atingido por um instrumento não identificado na ocasião. A Raposa será julgada pelo fato na próxima quarta-feira (18), às 14h30 (de Brasília).

A equipe foi enquadrada no artigo 213, inciso III, parágrafo 1º do Código Brasileiro de Justiça Desportiva (CBJD).

O trecho do regulamento diz que o time pode receber multa entre R$ 100 e R$ 100 mil e perder até 10 mandos de campo se "deixar de tomar providências capazes de prevenir e reprimir lançamento de objetos no campo de jogo".

O fato foi confirmado pelo árbitro Luiz Flávio de Oliveira (SP) na súmula do confronto.

"Ao término das disputas desde o ponto penal, fui informado pelo quarto árbitro Miguel Cataneo Ribeiro da Costa, que um objeto não identificado vindo da torcida da equipe do Cruzeiro E.C. atingiu a cabeça do Sr. Márcio A. Tannure, médico da equipe do C.R.Flamengo, causando sangramento".


Marcadores:

Postar um comentário

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget