Diego Alves leva mais gols que Thiago, mas defende quase o dobro

Os adversários também passam a respeitar mais o Flamengo sabendo que tem um nome forte embaixo das traves.

Diego Alves, goleiro do Flamengo - Foto: Gilvan de Souza
GOAL: O goleiro Diego Alves chegou a marca de 11 jogos pelo Flamengo no Campeonato Brasileiro, o mesmo número de partidas que o jovem Thiago esteve à frente da meta Rubro-Negra. No último domingo, contra a Chapecoense, o recém contrato foi decisivo e ajudou na vitória por 1 a 0 fora de casa, a primeira sob o comando do técnico Reinaldo Rueda.

Depois de ter um início um pouco tímido muito por conta da crise que atravessada pela posição no elenco, Diego esteve ausente da Copa do Brasil, onde não pôde ser inscrito, o que dificultou e viu seus companheiros passarem por momentos complicados.

Thiago, por exemplo, falhou no primeiro jogo da final da Copa do Brasil e Alex Muralha, não pegou nenhum pênalti na grande decisão e foi crucificado pelos torcedores.

Enquanto isso, Diego Alves trabalhava para se adaptar o mais rápido possível e, ao todo, são apenas 13 jogos com a camisa Rubro-negra mas o suficiente para mostrar que, agora, o time tem enfim um nome de confiança no gol.

Além das boas exibições, Diego é um nome que passa confiança ao restante do elenco que sabe que estará bem protegido, melhora a autoestima da equipe e, claro, deixa os atletas mais confortáveis dentro de campo. Os adversários também passam a respeitar mais sabendo que tem um nome forte embaixo das traves.

Exemplo disso é que na final da Copa do Brasil, Thiago Neves fez questão de dizer que os jogadores do Cruzeiro foram orientados a arristar chutes por conta da pressão nos goleiros, na disputa de pênaltis ele também garantiu estar bem tranquilo para converter sua penalidade.

Falando em penalidade, Diego Alves em 13 jogos já defendeu mais pênaltis que Thiago e Alex Muralha em 2017. Ele pegou uma penalidade contra a Ponte Preta, mas não conseguiu evitar a derrota por 1 a 0 para o time paulista.

Usando apenas o Brasileirão como referência, se compararmos com Thiago, Diego Alves sofreu mais gols, mas fez mais defesas. Enquanto o novato buscou 13 bolas na rede, o garoto sofreu 9. Mas em compensação, o arqueiro que agora é titular fez bem mais defesas do que o jovem goleiro.



Marcadores:

Postar um comentário

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget