Diego revela sofrimento por pênalti perdido pelo Flamengo em final

O meia relatou algumas passagens após o erro crucial e recordou o histórico positivo em decisões, o que tornou a falha ainda mais dolorosa.

Diego em Cruzeiro x Flamengo - Foto: Daniel Teobaldo
UOL: Responsável direto pela vitória do Flamengo sobre a Chapecoense por 1 a 0, no último domingo (15), na Arena Condá, o meia Diego ainda é cobrado pelo pênalti perdido na final da Copa do Brasil contra o Cruzeiro. O Rubro-negro foi vice-campeão e viu mais um dos objetivos da temporada ficar pelo caminho.

Nesta segunda-feira (16), o camisa 35 conversou com os jornalistas no CT Ninho do Urubu e se mostrou convicto sobre a meta de dar a volta por cima. Experiente, ele sabe que o erro na decisão será lembrado por muito tempo.

"Na Copa do Brasil, o que aconteceu não volta. Foi uma dor muito grande. A única coisa que nos resta é aprender com isso. A vida segue e deve seguir. Continuaremos fazendo o nosso melhor. Temos outros objetivos e novas oportunidades", afirmou.

O meia relatou algumas passagens após o erro crucial e recordou o histórico positivo em decisões, o que tornou a falha ainda mais dolorosa.

"Perder a Copa do Brasil foi realmente uma dor enorme. Nunca tinha passado por isso. Não me lembro de ter perdido um pênalti em todas as disputas que enfrentei. Passei por uma situação nova aos 32 anos. É uma dor, pois não pude retribuir tudo aquilo que os torcedores merecem. Compreendi bem a situação", disse.

"Não bati o pênalti por vaidade. Eu treino e assumi a responsabilidade. Sofri junto com a minha família. Fui xingado, criticado, meu filho zoado, minha esposa... É o meu trabalho e estou sujeito. Mas não posso pecar por não tentar. Pecar por ter tentado é menos difícil de conviver", completou.


Marcadores:

Postar um comentário

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget