Diretor do Flamengo nega má vontade de Guerrero: "Temos exames"

O dirigente lembrou que Guerrero é sempre um dos que mais se dedica aos treinos e jogos e não costuma pedir para ser poupado.

Guerrero, do Flamengo - Foto: Gilvan de Souza
COLUNA DO FLAMENGO: Rodrigo Caetano, diretor de futebol do Fla, tratou de afastar a especulação de que o clube tenha recebido qualquer solicitação da Federação Peruana para que Guerrero seja preservado para a repescagem das Eliminatórias da Copa depois de se contundir. O dirigente explicou que o departamento médico detectou o edema na posterior da coxa esquerda e, por isso, o centroavante não encara o Flu, nesta quarta pela Copa Sul-Americana, e é dúvida para o jogo com o Vasco no sábado pelo Campeonato Brasileiro.

– Ele queria jogar, fez o teste, o tratamento, para tentar jogar no sábado. Acusou edema. Temos os exames que constatam isso. O doutor Márcio Tannure tem contato com os médicos das seleções, mas não chegou nada, só a convocação – explicou Caetano.

O dirigente lembrou que Guerrero é sempre um dos que mais se dedica aos treinos e jogos e não costuma pedir para ser poupado mesmo com os jogos da sua seleção.

Segundo o jornal “Libero”, por conta da repescagem para a Copa do Mundo em novembro, contra a Nova Zelândia, há o desejo de que Guerrero seja poupado e se apresente antes (veja aqui).

Rodrigo Caetano garante que o jogador está focado nas partidas que tem pela frente pelo Flamengo.

– Ele está no processo de recuperação, ainda está sentindo um pouco, foi feita uma medicação, e esperamos que ele esteja melhor para sábado. É uma lesão simples. Mas que se evoluir poderia perder mais jogos – detalhou Rodrigo Caetano.


Marcadores:

Postar um comentário

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget