Flamengo deve definir futuro de Guerrero ao término da temporada

Até mesmo não estender o vínculo é uma hipótese, embora seja alternativa remota no momento.

Guerrero, do Flamengo - Foto: Buda Mendes/Getty Images
UOL: O Flamengo não quer saber de discutir a renovação de contrato com o atacante Guerrero. O vínculo do peruano vai até 10 de agosto de 2018 e as conversas sobre o tema só serão retomadas após o fim da participação do Rubro-negro no Campeonato Brasileiro e também na Copa Sul-Americana. Enquanto isso, o clube espera contar o mais rápido possível com o artilheiro, que se recupera de um edema no músculo posterior da coxa esquerda.

A decisão foi tomada pela diretoria por conta dos compromissos decisivos que o time carioca terá pela frente na reta final da temporada. A busca de uma vaga na fase de grupos da Copa Libertadores é a prioridade do departamento de futebol, além da possibilidade de conquistar um título internacional após 18 anos.

Por outro lado, Paolo Guerrero tem um desafio pessoal em busca de um feito histórico. Nos dias 11 e 15 de novembro, o camisa 9 tentará colocar a seleção de seu país na Copa do Mundo de 2018. O Peru disputará a repescagem em dois jogos contra a Nova Zelândia e pode voltar ao Mundial depois de 32 anos.

Os dois lados chegaram ao denominador comum de que não é a hora de resolver a questão. Interesses maiores estão em jogo. A renovação já foi tema de conversas preliminares no primeiro semestre, mas nada evoluiu. O peruano está na Gávea desde julho de 2015, é o jogador mais bem pago do elenco rubro-negro e recebe cerca de R$ 900 mil por mês.

Em 1º de janeiro, Guerrero fará 34 anos. Inicialmente, a ideia do Flamengo era a de ampliar o compromisso até o fim de 2020. Com a negociação congelada, todas as possibilidades ainda serão colocadas em discussão. Até mesmo não estender o vínculo é uma hipótese, embora seja alternativa remota no momento. Tudo depende do entendimento entre atacante e a diretoria comandada pelo presidente Eduardo Bandeira de Mello.

Com 20 gols, Guerrero é o artilheiro do Flamengo na temporada em que alcançou o melhor desempenho individual da carreira. Pelo Rubro-negro, o peruano disputou 105 jogos oficiais e balançou as redes 42 vezes. Ele também deu 16 assistências e ainda foi punido com 32 cartões amarelos e um vermelho.


Marcadores:

Postar um comentário

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget